YouTube Rewind 2018 já é o segundo vídeo mais odiado de sempre

Vitor Urbano
YouTube Rewind 2018
YouTube Rewind 2018 é o segundo vídeo mais odiado de sempre

Esta foi uma tradição iniciada pelo YouTube desde 2010, e desde então, todos os anos é publicado o YouTube Rewind. Estes vídeos surgem com o objetivo de recordar, celebrar e premiar o melhor conteúdo e os melhores criadores do ano.

No ano passado, o vídeo publicado recebeu bastantes críticas, deixando uma 'batata quente' nas mãos da empresa. No entanto, parece que o resultado deste ano não foi o que seria de esperar.

Vê ainda: YouTube Music: Aplicação para Android ganha nova funcionalidade

O YouTube Rewind 2018 conseguiu em menos de uma semana, tornar-se no segundo vídeo mais odiado de sempre na plataforma. Ou seja, tirando o videoclip da música 'Baby' do Justin Bieber (JB) que foi publicada há 8 anos, não existe nenhum vídeo com tantos dislikes.

YouTube Rewind 2018 poderá ser o vídeo mais odiado de sempre em menos de uma semana

Ainda que não tenha reclamado este indesejado título, não deverá faltar muito para que isso aconteça. Vale a pena realçar que pelo menos o vídeo do JB tem mais de 2 mil milhões de visualizações e conta com mais likes do que dislikes. O YouTube Rewind 2018 não pode dizer o mesmo, contando 'apenas' com 106 milhões de visualizações e uns meros 2 milhões de likes, contra 8 milhões de dislikes.

Assim como já se tornou habitual, a empresa convidou um grupo restrito de YouTubers bastante populares, que se destacaram durante o ano por diversos motivos. Durante o vídeo acabam por ser feitas referências a diversos eventos de 2018. No entanto, parece que a escolha não agradou aos seus utilizadores.

O tema principal do YouTube Rewind 2018 é sem dúvida o Fortnite, o que não surge com grande surpresa depois do jogo Battle Royale ter-se tornado viral durante o último ano. Entre outras referências, temos o K-Pop, 'Bongo Cat', pessoas a derreter batons, 'Mukbang', entre outros...

YouTube Rewind 2018 bongo cat

Não demorou muito tempo até que a secção de comentários se inundasse de críticas e os dislikes começassem a 'chover a potes'. Ficou claro que os utilizadores não gostaram do fato de que a empresa uma vez mais deixou de lado alguns dos mais populares YouTubers, independentemente do seu possível nível de controvérsia.

Por exemplo, não existe qualquer referência à viral luta entre KSI e Logan Paul, que conseguiu juntar quase 1 milhão de utilizadores em simultâneo. Felix Kjellberg, mais conhecido como PewDiePie, voltou a não ser convidado a fazer parte deste vídeo.

YouTube Rewind deixou de ser um objetivo para grande parte dos YouTubers

É um acontecimento que não deixa de ser estranho. Considerando que PewDiePie é o YouTuber com mais seguidores (quase 76 milhões). Ainda assim, Felix decidiu publicar um vídeo em jeito de comentário ao YouTube Rewind 2018. Onde revelou estar até satisfeito em não fazer parte do vídeo mais odiado da plataforma. Não pôde deixar passar o fato de que a sua cadeira acabou por fazer parte de um dos sketches.

Uma coisa é certa, este é um vídeo que vai continuar a dar que falar durante as próximas semanas. Com toda a controvérsia, será curioso ver se a empresa acabará por publicar algum comentário oficial a toda a polémica.

Editores 4gnews recomendam:

OnePlus 6T: o papel do YouTube no sucesso deste smartphone Android

YouTube adotará uma das mais valiosas funções do Instagram

YouTube vai em breve tornar os seus ‘Originals’ gratuitos

Fonte | Via

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.