Ao comprar através dos nossos links, podemos receber uma comissão. Saiba como funciona.

Xiaomi Watch 2 Pro review: smartwatch que dá as boas-vindas ao WearOS

Mónica Marques
Mónica Marques
Tempo de leitura: 10 min.

imagem do mostrador do Xiaomi Watch 2 Pro

Xiaomi Watch 2 Pro
★★★★☆4Bom

O sistema operativo WearOS e o acesso rápido e fácil às apps Google são atributos bastante apelativos. Mas o argumento de compra mais forte deste smartwatch é o seu ecrã fantástico que exibe todos os conteúdos com nitidez, independentemente das condições de luminosidade.

Tem de melhorar a autonomia, assim como perder algum peso e tamanho, mas apresenta um desempenho sólido, um design premium e facilita (e muito) a vida de todos os utilizadores que não vivem sem as apps da Google.

Prós
  • Design premium
  • Ecrã fantástico
  • Carrega rápido
  • Desempenho sólido
  • WearOS
  • Apps Google
Contras
  • Pouca autonomia
  • Tamanho e peso

A Xiaomi tem um vasto portefólio de produtos e os seus wearables são um reflexo dessa variedade e quantidade. Mas o Watch 2 Pro destaca-se de todas as opções da marca chinesa, por ser o primeiro smartwatch Xiaomi a integrar o sistema WearOS da Google.

Terá sido esta uma boa decisão? O sistema operativo Google torna este smartwatch uma boa compra? Este modelo tem outros atributos igualmente desejáveis? Com estas perguntas em mente, usei o Watch 2 Pro nos últimos dias e partilho agora a experiência contigo.

Xiaomi Watch 2 Pro

Xiaomi Watch 2 Pro

Ecrã: AMOLED de 1,43 polegadas
Resolução: 466x466 pixéis
Brilho: De até 600 nits
Taxa de atualização: 60 Hz
Autonomia: De até 48 horas
GPS: Sim
Resistência à água: 5 ATM
Desporto: Mais de 150 modos
Conectividade: Wi-Fi, Bluetooth 5.2, 4G (variante mais cara)
Sistema operativo: WearOS
Peso: 54,5 gramas

Design premium ao primeiro olhar

A caixa do Watch 2 Pro é elegante e deixa antever que estamos perante um equipamento premium que quer conquistar os utilizadores mais exigentes ao nível da estética. Ao primeiro olhar, não passa despercebido o seu tamanho XL.

Este modelo está apenas disponível na versão 46 milímetros. Tal significa que em pulsos pequenos, como o meu, o design e estética elegantes não vão funcionar. Não diria que o Watch 2 Pro tem um género definido, mas pela minha experiência pessoal, fica muito melhor num pulso masculino do que num feminino.

O seu mostrador redondo com uma moldura em aço inoxidável confere-lhe estilo e, sobretudo, adaptabilidade a qualquer ocasião. Usá-lo no ginásio ou numa sala de reuniões é igual, o seu estilo elegante, mas também prático permite-lhe que faça sempre boa figura.

imagem do Xiaomi Watch 2 Pro com a caixa e o carregador

Por sua vez, a bracelete em pele tem furos suficientes até para servir num pulso de uma criança. Mas o melhor de tudo é que toda a linha com esses furos está numa pequena e discreta faixa que reforça o estilo premium deste wearable.

Dando já parte da resposta a uma das perguntas, sim, o design do Watch 2 Pro é um atributo desejável com argumentos mais que suficientes para conquistar utilizadores. Até porque a ideia base dos smartwatches é que estes sejam usados na rotina diária e, por vezes, há ocasiões que exigem alguma elegância. Este Xiaomi está preparado para isso.

Menos confortável do que o desejável

imagem da moldura em ço do Xiaomi Watch 2 Pro

Outro ponto que necessita sempre de análise é o conforto de utilização. Aqui, o Watch 2 Pro tem espaço para melhorar. Sentimos sempre o seu peso de 54,5 gramas. Não é muito, mas a dormir, ou melhor, naquele primeiro momento em que despertamos ou quando estamos quase a adormecer, sentimos bem este smartwatch.

Assim, como quando praticamos exercício físico também o sentimos. Mas atenção o peso deste smartwatch não vai atrapalhar qualquer uma destas atividades, por isso nada de usar esta “justificação” para faltar a um treino.

Também considero que sentir um smartwatch pode ter a sua vantagem. Temos sempre mais cuidado a avaliar as distâncias dos obstáculos e evitamos melhor alguns acidentes. Apesar de a qualidade de construção deste modelo ser robusta para aguentar um choque ou outro.

Mas se fosse um pouco mais leve e com um mostrador ligeiramente mais pequeno, o conforto seria maior. O tamanho e peso do Watch 2 Pro não o colocam na categoria de peso-pluma, mas também não deixam uma marca visível no pulso. Talvez numa próxima iteração a Xiaomi consiga aliar melhor as dimensões ao conforto.

Ecrã: melhor seria difícil

imagem do ecrã do Xiaomi Watch 2 Pro

Falemos agora do ecrã. O Xiaomi Watch 2 Pro está equipado com um painel AMOLED de 1,43 polegadas que fornece uma resolução de 466x466 pixéis, um brilho máximo de 600 nits e uma taxa de atualização de 60 Hz.

Como é que estas especificações funcionam durante a utilização? De uma forma excelente. Todo o conteúdo é exibido de uma forma nítida e com cores vibrantes que permitem uma fácil distinção entre as várias aplicações incluídas, mas também uma leitura bastante boa das métricas recolhidas.

Aqui o tamanho XL deste relógio brilha porque consegue mostrar uma grande quantidade de dados, sem estes estarem encolhidos ou amontoados. Também facilita muito a leitura de todas as notificações – e sim, este modelo mostra todas as mensagens recebidas no smartphone, sejam emails, notificações de aplicações, mensagens do WhatsApp e SMS.

O brilho de 600 nits faz com que seja possível ler o que está no ecrã, mesmo num bonito dia de sol. Já a taxa de atualização de 60 Hz permite que a navegação seja bastante fluida, rápida e suave.

Em poucas palavras, melhor seria difícil. Notoriamente, a Xiaomi apresentou aqui todo o seu know-how e perícia no que respeita a ecrãs; a marca tem essa reputação e o Xiaomi Watch 2 Pro eleva ainda mais a fasquia. Este é, sem dúvida, um dos atributos que torna este smartwatch desejável.

Desempenho sólido e apps Google à distância de um clique

imagem das apps Google no ecrã do Xiaomi Watch 2 Pro

Sem mais demoras, o desempenho do Watch 2 Pro da Xiaomi é sólido, sendo rápido e bastante responsivo em todas as tarefas solicitadas. Esta é uma cortesia do processador Snapdragon W5+ Gen 1 integrado neste modelo.

O Bluetooth 5.2 presente na conectividade do dispositivo também o emparelha, de forma fácil e rápida, a qualquer smartphone. Não tive qualquer problema ou demora em conectá-lo ao meu smartphone que não é Xiaomi, mas que é Android.

Mas vamos ao que interessa. Este é o primeiro smartwatch da Xiaomi com WearOS e essa é uma das suas grandes vantagens. Com um simples toque no botão físico redondo do mostrador temos acesso ao menu principal que inclui Play Store, Google Maps e Google Pay. Tudo já instalado e pronto a ser utilizado. Ah, e também há suporte para Google Assistant para comandos de voz.

Na sua generalidade, as apps funcionam bem, mas o que é realmente louvável é a funcionalidade e praticabilidade que estas apps fornecem a este smartwatch. Dou um exemplo, ter o Google Maps no pulso enquanto caminhamos é muito bom e útil.

É igualmente bom conseguir controlar a playlist de música no Spotify. Mas devo dizer que durante este teste, por vezes, o Watch 2 Pro debateu-se. As músicas avançavam na lista, mas não no mostrador do wearable e toque sucessivos no forward não resultaram.

Mas, para primeira experiência com WearOS, a Xiaomi não se saiu mal. São apenas necessárias algumas melhorias para que fique fantástico, porque agora que temos tudo isto no pulso à distância de um clique, Xiaomi, não vamos querer outra coisa.

Autonomia ou falta desta

carregador do Xiaomi Watch 2 Pro

É anunciada uma autonomia de dois dias. Já por si, este dado é inferior a outros modelos rivais disponíveis no mercado. É também significativamente menos do que a autonomia oferecida pelo seu antecessor que mede-se em semanas.

Pela minha experiência pessoal, o Watch 2 Pro debate-se para fornecer 48 horas de vida útil de bateria. Mesmo com uma utilização moderada, ou seja, pouca ou nenhuma utilização do GPS integrado. Tal fica a dever-se à competência do processador integrado que acaba por drenar a bateria.

Este é um senão que terá de ser melhorado. Estamos perante um equipamento que tem funcionalidades que devem ser usadas durante 24 horas, nos sete dias da semana. É necessário que a Xiaomi consiga, pelo menos, cinco ou sete dias de vida útil. Pode ser com uma utilização moderada, mas sem dúvida que este smartwatch merece e precisa desta atualização.

imagem do Xiaomi Watch 2 Pro com o carregador

Em contrapartida, é bastante rápido a carregar. Em menos de uma hora, fica com a bateria nos 100%. Se for usado um adaptador de 120 watts, então estamos a falar de um carregamento total que não excede os 15 minutos. É quase como se a Xiaomi, tire autonomia com uma mão, mas depois dê com a outra um carregamento mais célere do que esperado.

O modelo carrega através do já conhecido sistema magnético com pinos. No entanto, no caso do Watch 2 Pro este assenta sempre perfeitamente bem na base, sem necessitar de grande ginástica.

Na saúde e no desporto

imagem do modo treinos no ecrã do Xiaomi Watch 2 Pro

O Watch 2 Pro da Xiaomi conta com mais de 150 modos de desporto. Na sua generalidade, todos fornecem as informações básicas, como batimento cardíaco, duração e calorias queimadas.

Mas em algumas atividades são fornecidos mais dados. Por exemplo em caminhada. Neste modo temos também métricas sobre ritmo, cadência, comprimento da passada e até mudança de altitude.

O GPS integrado ajuda a que todas as métricas sejam mais precisas, assim como dá indicação da localização geográfica, o que poderá ser útil se estão a experimentar um trilho novo.

Sugiro que desliguem as orientações por voz. Esta é uma funcionalidade útil, bem sei, mas depois de 20 minutos de exercício físico em que já estamos a transpirar bem, é desnecessário termos “alguém” a debitar palavra. Pelo menos, eu dispenso.

É preciso também ter em atenção que o Watch 2 Pro não reconhece qualquer tipo de atividade física. É sempre necessário iniciar manualmente o modo de treino escolhido no ecrã deste smartwatch.

Na parte de saúde, monitoriza o batimento cardíaco, níveis de stress e qualidade do sono. Pareceu-me ser menos preciso na monitorização dos níveis de stress, pelo menos, tendo em conta dados meus registados por outros smartwatches, mas também aqui tem um desempenho sólido.

Tem uma surpresa reservada. Ao fim de sete noites seguidas a dormir com este smartwatch, é atribuído ao utilizador um animal de sono de acordo com os seus hábitos de descanso.

Em conclusão

Para concluir esta review regresso às questões iniciais, mas agora em forma de resposta. Foi uma boa decisão da Xiaomi optar pela integração do WearOS. Este sistema operativo, aliás, é um dos melhores atributos do modelo pela sua praticabilidade e funcionalidade. O universo Google está no nosso pulso à distância de um clique e essa é uma boa vantagem para todos os utilizadores Android.

Mas o Watch 2 Pro tem também no ecrã um forte argumento de compra. É um dos melhores pelo seu tamanho, pela sua qualidade de exibição e pela sua taxa de atualização.

O processador integrado é igualmente um ponto positivo, mas traz consigo o senão deste wearable: a sua autonomia melhorável. Teremos de transportar o carregador connosco. Não que seja pesado ou sequer que não seja já um hábito de alguns utilizadores. Mas tendo em conta que um smartwatch deve ser usado durante as 24 horas do dia, esperava-se uma autonomia superior às 48 horas anunciadas.

O modelo com comunicações 4G custa 329,99 euros, mas a variante só com Wi-Fi tem um preço de 269,99 euros. São preços acessíveis, se tivermos em conta outras opções semelhantes disponíveis no mercado. E, claro, que se optarmos pela variante mais barata, continuamos a ter acesso ao WearOS e universo Google, o que é bastante sedutor. Este é um bom modelo para quem não consegue viver sem a Google e tem proximidade diária a uma fonte de energia para carregamentos ocasionais.

Xiaomi Watch 2 Pro

Xiaomi Watch 2 Pro

Ecrã: AMOLED de 1,43 polegadas
Resolução: 466x466 pixéis
Brilho: De até 600 nits
Taxa de atualização: 60 Hz
Autonomia: De até 48 horas
GPS: Sim
Resistência à água: 5 ATM
Desporto: Mais de 150 modos
Conectividade: Wi-Fi, Bluetooth 5.2, 4G (variante mais cara)
Sistema operativo: WearOS
Peso: 54,5 gramas

Outras Reviews de Smartwatch que também te podem interessar

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira. monicamarques@4gnews.pt