Xiaomi: vê aqui em direto a apresentação do POCO M4 Pro e POCO F3

Bruno Coelho
Comentar

O dia chegou finalmente para os fãs da Xiaomi. O último evento global do ano da POCO realiza-se esta terça-feira a partir das 12 horas de Lisboa (transmissão começa às 11h30), e pode ser acompanhado em direto a partir do canal oficial de YouTube da marca.

Tal como é anunciado pelo cartaz oficial, a grande estrela do evento será o POCO M4 Pro 5G. A POCO não revelou detalhes sobre o smartphone, mas tudo aponta para que seja uma versão renomeada do Redmi Note 11 5G apresentado em outubro na China.

POCO M4 Pro 5G deve chegar com processador MediaTek Dimensity 810

A confirmarem-se as fugas de informação, podes esperar um POCO M4 Pro 5G equipado com o processador MediaTek Dimensity 810. A este juntar-se-ão até 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento.

Promete trazer um ecrã LCD de 6,6” polegadas com resolução Full HD+ e taxa de atualização de 90Hz. É bom não esquecer a câmara principal de 50MP, e bateria de 5000mAh com carregamento de 33W.

POCO F3 é a surpresa de última hora

Assim que o evento foi anunciado, sabia-se que o POCO M4 Pro 5G era o smartphone em foco. Mas esta segunda-feira a marca decidiu surpreender ao revelar que também será apresentada uma nova versão do POCO F3.

Something even more exciting is coming! 😉 Want to find out what it is? Stay tuned for November 9th at 20:00 GMT+8! #POCOM4Pro 5G #PowerUpYourFun pic.twitter.com/zrD52nqnd9

— POCO (@POCOGlobal) 7 de novembro de 2021

Esse é um dos smartphones que mais elogiamos este ano, pela sua qualidade-preço. Sem ter revelado pormenores sobre o que será melhorado na nova versão do POCO F3, acredita-se que possa ser dado o salto do Snapdragon 870 para o Snapdragon 888.

Esta terça ficaremos a saber tudo sobre os novos smartphones da POCO que se espera que mantenham um dos grandes atrativos da submarca da Xiaomi: qualidade-preço.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.