Xiaomi RedmiBook Pro: um design que não engana ninguém

Bruno Coelho
Comentar

A apresentação está marcada. É já no próximo dia 25 de fevereiro que a Redmi vai fazer o seu primeiro grande evento do ano. A maior estrela será o lançamento da linha de smartphones Redmi K40, mas outros produtos também estão na calha

Tal como noticiamos anteriormente, um dos novos produtos apresentados pela marca independente da Xiaomi será o RedmiBook Pro. Trata-se de novo computador portátil, cujo design já foi maioritariamente revelado nas imagens promocionais prévias ao evento.

RedmiBook Pro tem design inspirado nos MacBook Pro da Apple

Na última imagem publicada, fica bem patente que este aspeto não engana ninguém. Temos aqui um discípulo dos MacBook Pro, elegante e construído em alumínio. Se não estivessem lá os logos da Apple, poderia facilmente passar despercebida a sua origem.

O design do novo RedmiBook Pro

As linhas sóbrias e curvas nas esquinas fazem antever um produto de grande qualidade, embora com um preço reduzido como a Redmi já nos habituou. E noutra imagem já anteriormente publicada, sabemos que não terá apenas portas USB-C. Isto porque é possível ver uma porta HDMI nesse exemplo.

RedmiBook Pro

Este novo modelo não vai vacilar no que diz respeito a processamento. Como tal, será comandado por um dos novos Intel Tiger Lake H35. Sendo um produto virado para trabalho, foi já garantido que a sua câmara também será de grande qualidade numa altura em que o teletrabalho é uma realidade para muitos.

Em muito poucos dias, ficaremos a saber todos os seus detalhes, incluindo o preço. Recorde-se que, até à data, a Xiaomi nunca comercializou nenhum computador portátil na Europa. Mas este não seria um modelo nada mau para começar.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi RedmiBook Pro: novos portáteis com data de lançamento e especificações reveladas!
  • Comprar o Xiaomi Mi 11? O Redmi K40 Pro vai fazer-te pensar duas vezes
  • Xiaomi Mi 11 Lite: há uma grande diferença entre as duas versões
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.