Xiaomi Android Oreo Project Treble Xiaomi Redmi Note 4
O smartphone Android recebeu um dos maiores trunfos do Oreo.

Uma das maiores críticas (merecidas) ao sistema operativo Android é a sua fragmentação. Temos várias versões deste OS a serem utilizadas atualmente e em fevereiro de 2018 o Android Nougat é a versão mais popular. Até aqui tudo bem, não tivesse o Nougat sido apresentado em 2016 e o Android Oreo, a versão mais recente, não chegar sequer a 1% dos utilizadores. Agora, duas palavras chave. Xiaomi Redmi Note 4 e Project Treble.

Por Project Treble entenda-se a tentativa da Google corrigir ou tentar minimizar toda esta fragmentação (até agora sem sucesso). A funcionalidade seria apresentada no Google I/O de 2017 em maio e desde então ficou no limbo. Esta iniciativa consiste na separação do nível base do sistema Android, a sua framework da camada superior, a implementação de cada fabricante.

Vê ainda: Qualcomm Snapdragon 845 vs Exynos 8895 Apple A11 e Kirin 970

Para que seja possível atualizar o sistema operativo sem ter que ficar à espera das atualizações e novos drivers dos fabricantes dos componentes. Algo que visa, em suma, agilizar todo o processo de atualizações. Algo que a seu tempo, e caso as marcas o adotem, solucionar esta fragmentação.

Mas como? Simples. Ao atualizar os dispositivos de forma mais rápida, em pouco tempo teremos mais equipamentos com a mais recente versão do sistema operativo. Neste momento é o Android Oreo, a partir de agosto será o Android P.

Xiaomi Redmi Note 4 com Project Treble do Android Oreo

Para além de agilizar as atualizações o Project Treble será bastante útil para todo e qualquer programador que tenha desenvolvido ou participe do desenvolvimento de uma ROM. Permitirá, por exemplo, a instalação de builds ou compilações AOSP genéricas, as Treble ROM’s em mais dispositivos como nos conta a imprensa internacional. Note-se ainda que todo e qualquer novo smartphone que seja lançado com o Android Oreo já tem obrigatoriamente que suportar o Project Treble.

Uma das mais valias do Android Oreo no Xiaomi Redmi Note 4

Xiaomi Android Oreo Project Treble Xiaomi Redmi Note 4
Trata-se de um “Mod” feito por um dos mais virtuosos programadores no XDA

O mesmo não sucede para os dispositivos lançados com versões anteriores, nem mesmo quando são atualizados par a nova versão. Todavia, alguém conseguiu trazer o Project Treble para este Xiaomi Redmi Note 4, dispositivo de gama média-baixa que recebeu um port muito peculiar.

As novidades chegam-nos através da comunidade XDA Developers e a proeza foi feita pelo membro abhishek987. Socorrendo-se do seu Xiaomi Redmi Note 4, não vou fingir saber todos os detalhes técnicos. Segundo consta, ele conseguiu, de certa forma, criar uma partição dentro do espaço livre que normalmente é ocupado pela abordagem de cada marca ao sistema Android. Neste caso, dentro do espaço que seria dedicado à MIUI. Para tal socorreu-se das Hardware Abstraction Layers (HALs).

O Project Treble neste Xiaomi Redmi Note 4 abre toda uma nova janela de possibilidades. Poderás, por exemplo, instalar ROM’s que até à data não eram suportadas pelo smartphone e muito mais. O membro fez até um guia passo-a-passo para todo este processo no Xiaomi Redmi Note 4 com Android Oreo. Poderão consultar o referido guia, aqui.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Xiaomi. Smartphones da marca receberão conexão 5G em 2019

Sony prepara-se para lançar mais do que um topo de gama na MWC

Huawei regista o nome “Huawei Mate X”. Nova variante a caminho?

Fonte | Via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).