Ao efetuar uma compra através dos links deste artigo, o 4gnews pode ganhar uma comissão. Conheça o nosso processo de seleção de produtos.

Xiaomi Redmi Note 11 review: possivelmente a melhor compra até 200 €

Rui Bacelar

Apresentado a 26 de janeiro de 2022 o smartphone Xiaomi Redmi Note 11 é o modelo base na nova linha de gama média / baixa para este ano. Em Portugal custa aproximadamente 199 €, e é provavelmente um dos melhores telemóveis até 200 €.

O modelo em causa - Redmi Note 11 - é acompanhado pelo Redmi Note 11 Pro+ 5G, Redmi Note 11 Pro 5G, Redmi Note 11 Pro, bem como pelo Redmi Note 11S 5G. Ou seja, temos cinco modelos desta linha, sendo este o único sem suporte para as redes 5G.

O essencial sobre o Xiaomi Redmi Note 11 em poucas linhas

Xiaomi Redmi Note 11

Tivemos oportunidade de testar o Xiaomi Redmi Note 11 usando-o como equipamento diário durante cerca de uma semana. O produto mostrou-se ágil, mesmo para um telefone barato, de construção simples (mas não débil), e geralmente agradável.

O desempenho é o maior destaque deste telemóvel Xiaomi, com boa duração de bateria, ecrã muito bom (para o preço), além de uma câmara fotográfica versátil. Tem vários acessórios na caixa, incluindo um carregador rápido a 33 W e não só.

Xiaomi Redmi Note 11

Em suma, este é mais um produto vencedor da Xiaomi. Fabricante que nos habituou a excelentes telemóveis qualidade / preço e se conseguirem viver sem ligação 5G, é uma boa compra até 200 euros, com promoções frequentes em lojas como a Amazon.ES.

O telemóvel também está disponível nas lojas físicas da Xiaomi em Portugal (Mi Store), além de lojas como a PCDIGA, por exemplo.

Xiaomi Redmi Note 11

Principais caraterísticas técnicas do Redmi Note 11:

  • Processador Snapdragon 680 da Qualcomm a 6 nm
  • Memória RAM LPDDR4X de 4 e 8 GB de RAM
  • Armazenamento UFS 2.2 de 64 e 128 GB
  • Ecrã AMOLED DotDisplay de 6,43” polegadas com taxa de atualização até 90Hz
  • Câmara principal de 50 MP + 8 MP (ultrawide) + 2 MP (macro) + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmara frontal de 13 MP
  • Medidas: 159,87 mm x 73,87 mm x 8,09 mm
  • Peso: 179 g
  • Certificação IP53 (resistência à água e ao pó)
  • Sensor de impressões digitais na lateral
  • Desbloqueio facial
  • Bateria de 5000mAh com carregamento de 33W com fios
  • Dual SIM + Micro SD
  • NFC
  • Infravermelhos, porta áudio P2 (jack de 3,5 mm)
  • Cores: Cinzento Grafite, Azul Crepúsculo e Azul Estelar
  • Preço: desde 199 € na Amazon.ES

Unboxing e primeiras impressões do Xiaomi Redmi Note 11

Xiaomi Redmi Note 11

O Xiaomi Redmi Note 11 vem bem equipado com película no ecrã (TPU), capa de proteção transparente em plástico TPU, carregador / adaptador USB para carga rápida até 33 W, bem como o respetivo cabo USB - A para USB - C, além do pino para ejeção do tabuleiro para cartões nano-SIM.

A caixa segue o padrão típico da Xiaomi, apresentando-se com fundo branco, a nomenclatura e imagem do produto, bem como algumas informações importantes na traseira. Usa o cartão como principal material, com algum plástico no interior.

O design do Xiaomi Redmi Note 11 é simples e atual

Xiaomi Redmi Note 11

  • Dimensões: 159,9 x 73,9 x 8,1 mm (altura x largura x espessura)
  • Peso: 179 gramas

O telemóvel é alto e estreito devido ao ecrã de 6,43 polegadas com formato 20:9. Dito isto, é fácil de o agarrar e usar com uma mão, sobretudo se tirarmos proveito do "Modo de uma mão". A construção é de plástico, mas conta com certificação IP53.

Ou seja, este é um telemóvel leve, com peso bem distribuído, pautado pela estrutura e painéis em plástico. Tem, contudo, um bom acabamento com o ecrã protegido pelo vidro Gorilla Glass 3 da Corning, de cantos arredondados e arestas bem trabalhadas.

Xiaomi Redmi Note 11

Em particular sentimos que o painel frontal é muito bem trabalhado - veja-se acima a grelha do auscultador, cuidadosamente disfarçada na aresta superior do telemóvel. Vemos ainda os cantos arredondados do vidro e respetivo ecrã AMOLED.

Por outro lado, a traseira do Xiaomi Redmi Note 11 é mais mundana, sobretudo no esquema de cor em Grafite, um cinza muito escuro, próximo do preto. Todavia, não é desprovido de algum brilho e atenção ao detalhe, sobretudo na ilha das câmaras.

Xiaomi Redmi Note 11

Em suma, temos um telemóvel de aspeto simples, mas não simplório. Tem acabamentos muito bons para um telefone barato e design moderno de cariz industrial. É prático na sua conceção e não se mostrou escorregadio na mão, algo a ter em consideração.

Por fim, e de extrema importância, a construção não apresenta rangidos na estrutura. Ainda que seja feito de plástico, o telefone inspira um mínimo satisfatório de confiança, reforçada pela certificação IP53 que o protege contra a água e o pó.

Altifalantes duplos para uma experiência de som estéreo

Xiaomi Redmi Note 11

A aresta superior do Xiaomi Redmi Note 11 é particularmente interessante. Aí temos a porta para auscultadores (jack de 3,5 mm), um dos altifalantes, bem como o emissor de infravermelhos (porta IR), além do microfone secundário.

O telefone apresenta arestas arredondadas, apesar de ter um aspeto marcadamente retangular.

Xiaomi Redmi Note 11

O tabuleiro para cartões está na lateral esquerda do smartphone, bastando usar o pino para ejeção do tabuleiro, fornecido na caixa do telefone, para o ejetar. Importa notar que temos uma slot dedicada para cartões de memória.

A aresta inferior apresenta o segundo altifalante, a porta USB do Tipo C, bem como o microfone principal. Mais uma vez, conseguimos notar aqui a ligeira curvatura não só das arestas, como também da estrutura do smartphone.

O plástico é o principal material de construção

Xiaomi Redmi Note 11

Infelizmente esta aresta inferior é propensa a marcas no plástico. Pequenas mazelas provocadas pelo natural uso do telemóvel e pela inserção do cabo USB para carregamento, por exemplo. Com efeito, a utilização foi deixando várias marcas nesta área.

Xiaomi Redmi Note 11

Por outro lado, estas marcas não são profundas e ao passar um pano ligeiramente húmido a maioria desaparece. Não obstante, a superfície do plástico fica marcada com relativa facilidade, pelo que será recomendável o uso da capa fornecida.

Xiaomi Redmi Note 11

Esta situação é algo inusitada, mas tendo em conta a natureza do plástico, não surpreende. Trata-se de uma mazela cosmética, que em nada infere ou compromete o uso do telefone, mas cumpre advertir o possível utilizador de antemão.

O leitor de impressões digitais está no botão On / Off

Xiaomi Redmi Note 11

À semelhança de outros smartphones de gama média encontramos o leitor de impressões digitais embutido no botão lateral On / Off do Xiaomi Redmi Note 11, na lateral direita. Aí também temos o seletor de volume com bom feedback tátil.

Em suma, a qualidade de construção é adequada ao escalão de preços deste telemóvel. Ainda que o plástico esteja longe de ser o material mais nobre, ou robusto, a certificação IP53 dá a este modelo pontos extra no quesito de durabilidade.

Ecrã AMOLED para entretenimento de qualidade neste Xiaomi

Xiaomi Redmi Note 11

  • Ecrã: AMOLED de 6,43 polegadas com taxa de atualização até 90 Hz
  • Resolução: Full-HD+ de 2 400 x 1 080 pixeis, densidade de pixeis de 409 pixeis por polegada

O ecrã AMOLED entrega boas cores e ótimos ângulos de visão, apesar de não ser um dos melhores painéis OLED que já vimos. Mais uma vez, tendo em consideração o preço de venda ao público, consideramos muito positiva a presença deste ecrã.

Tem boa resolução e brilho máximo de 1000 nits (pico), o que garante uma facilidade de uso e leitura mesmo ao ar livre. Além disso, temos a proteção Gorilla Glass 3 da Corning, bastante eficaz contra riscos e algumas quedas do telefone.

Xiaomi Redmi Note 11

Por fim, podemos tirar partido da alta taxa de atualização do ecrã até 90 Hz para um uso mais fluído. Isto vai consumir mais energia, mas melhora notoriamente a suavidade das animações e o scroll nas aplicações como as redes sociais, por exemplo.

Xiaomi Redmi Note 11

O utilizador também pode ajustar vários quesitos do ecrã através das Definições. Aqui, mais uma vez, a MIUI mostra-se plena de aspetos e pontos de personalização muito além do Modo Claro e Modo Escuro, também presentes.

Em suma, encontramos um bom ecrã para um telefone barato, já agraciado com este painel AMOLED Full-HD+ a 90 Hz.

A câmara do Xiaomi Redmi Note 11 é bastante versátil

Xiaomi Redmi Note 11

  • Câmara principal: Quádrupla de 50 MP (wide) + 8 MP (ultrawide) + 2 MP (macro) + 2 (profundidade)
  • Câmara secundária: 13 MP (wide)

A câmara é mesmo versátil e produz bons resultados na maioria dos cenários. O sensor primário de 50 MP tem objetiva grande angular e abertura focal de f/1,8, isto significa que capta bastante luz, equivalente a boas fotos mesmo à noite.

Temos também uma câmara de 8 MP ultra grande angular (f/2,2) e de 2 MP macro, além da câmara de profundidade com 2 MP. Um conjunto de sensores que nos dá tudo o que precisamos para garantir boas fotos em qualquer situação.

Xiaomi Redmi Note 11

A aplicação de câmara neste Xiaomi tem vários dos trunfos dos modelos de gama alta como o modo Retrato, ou modo Pro. Há também uma câmara frontal de 13 MP suficientemente boa para fotografia e / ou vídeo.

Apontamos apenas alguma inconsistência nos resultados captados pela câmara ultra grande angular no que respeita ao acerto de brancos e temperatura de cor. Ainda assim, as cores são boas e temos resultados geralmente muito bons também aqui.

Xiaomi Redmi Note 11

A melhor câmara é a principal de 50 MP. Aí, temos bons resultados em praticamente todos os cenários. As cores saltam à vista, os detalhes abundam e praticamente não se encontra ruído digital na imagem, com bom alto contraste e bom intervalo dinâmico.

Xiaomi Redmi Note 11

As cores no Xiaomi Redmi Note 11 tendem a parecer um pouco mais frias do que na vida real, ainda que isto seja ajustável nas definições da câmara, sobretudo no modo Pro. Regra geral, contudo, temos um bom acerto e equilíbrio de cores.

Xiaomi Redmi Note 11

Em suma, a câmara fotográfica vai surpreender qualquer utilizador pela versatilidade, rapidez na tomada de imagens e bons resultados na maioria das condições. Além disso, a app da câmara tem várias opções de criação de conteúdo, sendo fácil de usar.

Bom desempenho e rapidez no Xiaomi Redmi Note 11

Xiaomi Redmi Note 11

  • Processador: Snapdragon 680 4G (6 nm) da Qualcomm
  • Memória RAM: 4 GB / 6 GB
  • Armazenamento: 64 GB / 128 GB

O processador Snapdragon 680 4G (6 nm) da Qualcomm faz ótimo trabalho neste telemóvel Xiaomi. Trata-se de um SoC octa-core a 2,4 Ghz) que garante uma fluidez geral e rapidez em praticamente todas as tarefas, transições e utilização geral do telefone.

Ainda que não seja o telefone mais rápido que já usei, com alguns soluços esporádicos, qualquer utilizador apreciará o seu desempenho na maioria das tarefas. Seja para jogos, ou redes sociais, o Snapdragon 680 dá conta do recado.

A MIUI 13 baseia-se (ainda) no Android 11 da Google

Xiaomi Redmi Note 11

A MIUI 13 é a mais recente versão da interface própria da Xiaomi. Todavia, baseia-se ainda, para este smartphone, na versão anterior do sistema operativo, o Android 11 da Google, ainda que as diferenças visuais entre versões de sistema sejam dimunutas no contexto da MIUI 13.

Xiaomi Redmi Note 11

A interface mostra-se plena de opções e controlos para o funcionamento e personalização gráfica do telemóvel. É bem trabalhada (e neste caso não apresentou publicidades), pelo que qualquer utilizador saberá "mexer-se" neste ambiente Xiaomi.

Xiaomi Redmi Note 11

Temos vários pontos de contacto (visual) com o iOS da Apple e isso acaba por ser positivo para o utilizador tendo em consideração e boa execução gráfica e prática das opções apresentadas. Veja-se, por exemplo, o aspeto da barra de notificações e atalhos.

Xiaomi Redmi Note 11

Temos pastas com fundo transparente para organizar os atalhos das aplicações, tudo no ecrã principal como é hábito na MIUI. Além disso, temos a aba principal com o Google Discover no ecrã inicial esquerdo com destaques e notícias principais.

Xiaomi Redmi Note 11

A integração dos serviços Google é profunda e permeia vários aspetos da MIUI 13 para facilitar a utilização. Temos também apps como a Mensagens da Google, ou o Telefone, entre outras que podemos instalar posteriormente pela Play Store.

Xiaomi Redmi Note 11

Além disso, a Xiaomi tem um bom leque de ferramentas para gestão e cuidado do telefone, remoção de arquivos (lixo), gestão energética, atualização das próprias aplicações da Xiaomi, entre outros controlos.

Xiaomi Redmi Note 11

Em suma, a MIUI 13 é um autêntico canivete suíço, repleto de funções avançadas e aspetos que permitem tirar mais partido do telemóvel. Fluída em sem erros a reportar nesta versão da MIUI 13, será de uso simples para qualquer utilizador.

Boa autonomia de bateria no Xiaomi Redmi Note 11

Xiaomi Redmi Note 11

O telemóvel tem uma bateria de 5 000 mAh com carregamento rápido a 33 W. Além disso, traz o carregador rápido na caixa, o que é um grande bónus face às alternativas mais caras de outras fabricantes.

O utilizador pode tirar partido das várias opções de poupança energética incluídas no software, sobretudo nos modos de poupança avançada para quando precisamos de "espremer" mais algumas horas de uso desta bateria.

Xiaomi Redmi Note 11

A autonomia é sólida para mais de um bom dia de utilização, dependendo sempre dos hábitos de cada utilizador. De qualquer modo, a autonomia não desilude, bem pelo contrário. Sobretudo para utilizadores menos intensivos, podemos ter dois dias de uso.

Quando chega a hora de carregar, em menos de uma hora temos a bateria praticamente cheia (0% até 100%).

Excelente relação qualidade / preço no Xiaomi Redmi Note 11

Xiaomi Redmi Note 11

O telemóvel não é perfeito e a sua qualidade de construção levanta algumas reservas. Por outro lado, tem ótimo desempenho para o preço, com boa qualidade de ecrã AMOLED, bem como uma câmara fotográfica particularmente versátil.

Para quem procura um novo telemóvel até 200 euros, é frequente encontrar o Xiaomi Redmi Note 11 com alguma promoção que baixa o seu preço recomendado de venda ao público de 199 € em Portugal.

A 4gnews recomenda o Xiaomi Redmi Note 11.

Xiaomi Redmi Note 11

Pontuação 4gnews (de 0 a 10)

Escolhas de design

7,5

Qualidade de construção

7
Ecrã 8
Qualidade de som 8

Performance / Desempenho

8,5

Interface / UI

8

Câmara

8

Bateria

8

Qualidade / Preço

9
Pontuação 8 - Muito Bom

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com