Xiaomi prepara-se para lançar nova gama de smartphones Redmi K50!

Rui Bacelar
Comentar

A Xiaomi não quer esperar por 2022 para lançar a nova gama de smartphones Redmi K50. Espera-se assim um novo trio de telefones Xiaomi a chegar até ao final do ano com várias melhorias no ecrã, qualidade de fotografia, vídeo e velocidade de carregamento.

Serão os sucessores da linha Redmi K40, apresentada oficialmente na China no final de fevereiro e trazendo à fabricante novos recordes de vendas, mas sem nunca chegar à Europa. A exceção foi o POCO F3, versão global com novo nome do Redmi K40.

O sucesso dos Redmi K40 não passou despercebido à Xiaomi

Xiami Redmi K40
O trio de smartphones Redmi K40 foi lançado em fevereiro pela Xiaomi.

Esta tese é suportada por diversas fontes, bem como vários rumores e algumas dicas de fontes próxima da indústria. Segundo consta, após o sucesso imediato da linha Redmi K40 da Xiaomi, uma das gamas com melhor relação preço / qualidade, a fórmula será repetida ainda em 2021.

O sucesso desta gama foi notório na China. Aí, a linha de smartphones Redmi K40 afirmou-se como uma das gamas de topo mais apreciadas pelos consumidores, em grande parte devido ao seu preço baixo e boas caraterísticas técnicas.

Mais recentemente, a submarca da Xiaomi, na pessoa do seu responsável máximo, Lu Weibing, já questionou os respetivos seguidores sobre o que gostariam de ver "nos próximos produtos K50".

Desse modo, o executivo acaba por confirmar não só o seu nome, mas também a intenção de os desenvolver.

Lu Weibing
A publicação de Lu Weibing na rede social chinesa Weibo.

Ao prólogo do responsável máximo pela Redmi seguiram-se as informações avançadas pelo frequente leaker Digital Chat Station, fonte com ótimo histórico de fiabilidade. Também ele, através da Weibo, daria conta dos planos da Xiaomi para os Redmi K50.

Mais concretamente, sugere que estes smartphones serão mais avançados, com diversas melhorias como o carregamento mais rápido, com melhor imagem e vídeo, além de melhorias para a qualidade de ecrã. Estes podem ser os vetores de melhoria.

Em particular, a menção de um carregamento mais rápido será de fácil aplicação. Isto porque o melhor dos Redmi K40, o modelo Pro, atinge um máximo de 33 W de potência para carregar a bateria de 4 520 mAh, o que já é muito respeitável, mas existem alternativas ainda mais avançadas.

Carregamento mais rápido, melhor imagem, vídeo e ecrã nos Redmi K50

Xiaomi Redmi K50
A publicação da conta Digital Chat Station na Weibo.

A velocidade de carregamento da bateria é, portanto, um ponto de fácil melhoria. Abundam já alternativas com carga a 50 W, ou mesmo 60 W em smartphones acessíveis pelo que também a Redmi deverá seguir esta trilha para os futuros Redmi K50.

Para o consumidor isto significa que mesmo uma bateria de grande capacidade pode ser carregada totalmente em menos de uma hora, um trunfo inegável para o nosso quotidiano. Não há, contudo, menção ao carregamento sem-fios nestes terminais.

Importa também frisar que de momento não há uma data de apresentação, nem de lançamento, apontada para esta futura gama de smartphones Xiaomi. De igual modo, não sabemos se a fabricante os virá a comercializar também na Europa, ou se continuarão a ser um exclusivo da China.

Os Redmi K50 devem chegar ainda em 2021, mas podem ser um exclusivo da China

A experiência mostra-nos que determinadas gamas de produtos nunca chegam a sair do seu mercado natal, a China. Veja-se a atual gama Redmi K40 que continua cativa desse mercado, com a exceção a residir no POCO F3, um rebranding do Redmi K40, ou o mais próximo que tivemos da sua versão global.

Mais recentemente tivemos, contudo, outra exceção, o POCO F3 GT que mais não é do que um rebranding do Redmi K40 Gaming Edition. Portanto, seja em nome próprio ou sob uma nova identidade, é provável que pelo menos alguns dos modelos venham a estar disponíveis também na Europa.

Será cedo demais para a Xiaomi cogitar uma nova gama com os Redmi K50, ou face às tendências de mercado fará sentido lançar tais produtos ainda em 2021?

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.