Xiaomi nega categoricamente a alegada imagem do Xiaomi Mi 10 Pro

Filipe Alves
Comentar

Ainda ontem escrevemos um artigo sobre a alegada imagem do Xiaomi Mi 10 Pro. O smartphone aparecia numa imagem de uma alegada brochura da Xiaomi e deixou os fãs em suspense.

Isto porque o terminal era totalmente diferente do que se falava. Ainda assim, o dispositivo seguia algumas linhas de smartphones já lançados anteriormente. Pois bem a Xiaomi referiu que essa era uma imagem falsa.

Xiaomi nega que esta imagem representa o Xiaomi Mi 10 Pro

Xiaomi Mi 10 Pro falso

Não é todos os dias que vemos uma marca negar publicamente o design de um smartphone. Porém, a Xiaomi deve ter trabalhado seriamente no design do Mi 10 Pro para ver o público entusiasmado com outro tipo de design.

Assim sendo, um executivo da Xiaomi saltou para a rede social Weibo indicando que a imagem do alegado Xiaomi Mi 10 Pro não representava em nada o próximo smartphone da marca.

Como será então o Xiaomi Mi 10 e Mi 10 Pro

Xiaomi Mi 10 e Xiaomi Mi 10 Pro

Dessa forma, resta-nos imaginar como será o próximo smartphone da marca. Aliás, os smartphones. Lembro que a Xiaomi deverá revelar de forma oficial no dia 11 de fevereiro dois modelos.

Segundo o leaker @IceUniverse, os terminais serão idênticos ao que vês em cima. Imagem que circulou online e que a Xiaomi não negou. Ou seja, é possível que este IceUniverse, que já se revelou correto no passado, possa também estar correto desta vez.

O Xiaomi Mi 10 e Mi 10 Pro deverão chegar a Portugal pouco depois da sua apresentação oficial. Pela primeira vez as lojas oficiais da Xiaomi no nosso país deverão ser das primeiras a receber o produto.

Ainda que o valor possa vir a ser ligeiramente superior ao que encontramos em websites oriundos da China, o serviço pós-venda compensará.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.