Xiaomi Mi Watch Revolve: o "novo" smartwatch está prestes a chegar!

Filipe Alves
Comentar

A Xiaomi prepara a introdução do Xiaomi Mi Watch Revolve no nosso mercado. Este "novo" smartwatch não é propriamente novo. Na China já é vendido como o Xiaomi Mi Watch Color.

O relógio inteligente da Xiaomi oferece-nos um design circular e características relevantes para o preço do dispositivo. Como é de esperar, o Xiaomi Mi Watch Revolve terá um preço competitivo. O mesmo relógio (com um nome diferente) na China, custa pouco mais de 100€.

Principais especificações do Xiaomi Mi Watch Revolve

Xiaomi Mi Watch Revolve

  • Ecrã AMOLED de 1.39 polegadas e resolução 454 x 454 pixels
  • Bateria de 420mAh
  • Resistência à água até 50 metros (5ATM)
  • Sensor de batimentos cardíacos
  • NFC
  • GPS
  • Bluetooth 5.0

A adicionar a estas especificações temos as típicas características dos smartwatches. Ou seja, monitorização de desportos, despertador, notificações do smartphone no pulso entre outros.

O relógio tem uma autonomia para 14 dias de utilização normal. Consideravelmente mais do que a concorrência consegue oferecer. Ainda assim, vale a pena referir que o seu software é da Xiaomi. Ou seja, ainda não é desta que temos um gadget da Xiaomi com WearOS no nosso mercado. Para tal temos de esperar um pouco mais pelo Xiaomi Mi Watch.

Confirma-se o nome Xiaomi Mi Watch Revolve

Xiaomi Mi Watch Revolve

O nome confirmou-se na aplicação da Xiaomi que nos mostrou dois gadgets que não conhecemos. O Tal Xiaomi Mi Watch Revolve e ainda uma Xiaomi Mi Band 4C. Smartband esta que poderá ser a versão da Redmi Band para o nosso mercado.

Teremos de esperar um pouco mais para que estes rumores se confirmem, contudo, é normal ver a Xiaomi a optar por este tipo de estratégia. Esperemos apenas que o preço do smartwatch não seja muito diferente daquilo que é vendido na China.

Sabe mais sobre os smartwatches:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.