Xiaomi Mi Note com Snapdragon 810 sofre de sobreaquecimento

Filipe Alves

Xiaomi MiNote Pro

O Xiaomi Mi Note foi apresentado no passado mês de Janeiro, mas só ontem foi posto à venda pela primeira vez na China. Para não variar o smartphone teve um sucesso tremendo, não fossem os Chineses mais do que as mães e o Mi Note uma valente máquina.

O Xiaomi Mi Note conta com 3GB de RAM, um ecrã 5.7" polegadas FHD, uma construção e um processador Qualcomm Snapdragon 810. Pois é... A Qualcomm que indicou ter resolvido o problema de sobreaquecimento dos terminais, vê-se mais uma vez numa das prováveis responsáveis pelos problemas apresentados num dos flagships.

Este mesmo rumor de sobreaquecimento foi uma das razões pela qual a Samsung optou pelos seus processadores Exynos 7420 para os flagships Galaxy S6 e S6 Edge. A HTC passou por algo idêntico com o seu HTC One M9, que também carrega o Snapdragon 810, mas aparentemente uma atualização resolveu o problema.

Esta situação foi reportada por alguns utilizadores, que se viram com o telefone demasiado quente quando estavam a utiliza-lo e ele estava a carregar, outros utilizadores indicaram que simplesmente deixou de funcionar e alguns smartphones vêm de fábrica já com Chips queimados. Segundo o CEO da Xiaomi esta situação em nada é relacionado com o Chip que embarca no smartphone e que uma pequena atualização de de sistema e a situação será resolvida.

O Xiaomi Mi Note já é possível ser comprado em lojas #Chinaaopoder e nós já há muito que procuramos um desconto para ti (fica atento). Esperemos que uma atualização resolva mesmo a situação.

Talvez queiras ver:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.