mibunny_2

A Xiaomi confirmou ainda esta semana o lançamento do seu primeiro smartwatch, embora sem especificar muito em torno do mesmo. Ao dares com os olhos neste artigo podes imediatamente pensar que este é o tal wearable que a Xiaomi nos prometeu, mas fica a saber que não é esse o caso.

Vê também: Co-fundador da Xiaomi confirma o primeiro smartwatch da marca está a chegar

   

Sim é um facto que este Xiaomi Mi Bunny, ou ainda Mitu Watch, é realmente um smartwatch, mas um outro estará ainda por chegar. Este Xiaomi Mi Bunny é um wearable destinado aos mais pequenos, com funcionalidades que permitirão aos pais estar mais descansados quanto aos movimentos do seus filhos.

mibunny

Sendo este um wearable a ser utilizado por crianças, a sua construção deve ir de encontro aos imprevistos que os mesmos proporcionam. Com efeito, este Mi Bunny é construído em plástico e com uma bracelete de silicone, pensado apenas 37 gramas.

A sua principal funcionalidade é o rastreamento da criançada, estando portanto equipado com GPS, bem como Wi-Fi e Bluetooth. Como qualquer outro smartwatch, também este Xiaomi Mi Bunny será conectado ao smartphone dos pais, permitindo aos mesmos, por via de uma aplicação própria, definir áreas de mobilidade pretendidas para os seu filhos. Quando violadas essas áreas, o Mi Bunny irá alertar os pais da criança para esse dado.

mibunny_3

Existe ainda um botão SOS incorporado neste Mi Bunny, que quando acionado pela criança enviará aos seus pais a sua localização exata, bem como uma mensagem de sete segundos que a criança poderá gravar. Vem ainda incluído um cartão SIM pré-pago, dando assim a possibilidade de realizar chamadas diretamente do smartwatch.

Este Xiaomi Mi Bunny é compatível com qualquer smartphone, desde que corra o Android 4.2 ou superior, e terá uma bateria de 300mAh para uma autonomia de até, segundo a Xiaomi, seis dias em standby. Quanto a preços, o mesmo será comercializado à volta dos 59€.

Talvez queiras ver:

Viaphonearena
Fontexiaomi
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.