Xiaomi Mi Band 3
Esta é a nova pulseira inteligente da fabricante chinesa. O seu preço continua baixo.

Apresentada no passado dia 31 de maio de 2018 juntamente com os novos smartphones e com a MIUI 10, a Xiaomi Mi Band 3 já está a quebrar recordes. Apelidada de “rainha” das pulseiras inteligentes, este gadget já registou mais de meio milhão de registos para a pré-compra. Esta é a nova Xiaomi Mi Band 3.

O produto chega amanhã às lojas na China por 169 yuan, 26 dólares ou cerca de 23 euros. Preços que reflectem a margem de lucro máxima de 5% em cada produto lançado pela empresa de Lei Jun.

Vê ainda: OnePlus 6 em branco ‘Silk White’ chega amanhã por 569€

Neste momento, tal como dá conta a publicação Gizmochina, a Xiaomi Mi Band 3 conta com mais de 640 mil reservas à data deste artigo. Neste momento o produto está presente na loja oficial da marca, aceitando apenas reservas para a sua posterior compra.

Note-se que o simples facto de um utilizador / consumidor se registar, não implica que vá mesmo comprar o produto. Apesar de a maioria o fazer eventualmente, o número de registos não se reflecte obrigatoriamente no número total de vendas.

Xiaomi Mi Band 3 custa 26 dólares ou 23 euros na China

Ainda assim, é seguro dizer que pelo menos 640 mil pessoas na China já estão a olhar e interessadas para a Xiaomi Mi Band 3. Ora, tendo em conta a tipologia de vendas na China, acreditamos que os primeiros lotes se esgotem em meros segundos. Algo a que por norma apelidamos de flash sales ou vendas relâmpago, capitalizando do interesse inicial pelo produto para escoar enormes quantidades de stock. Ainda assim, pela natureza competitiva do preço pedido pela Xiaomi Mi Band 3, espera-se que as vendas sejam muito gratificantes para a marca.

Xiaomi Mi Band 3
No seu país natal, este acessório já ultrapassou o meio milhão de registos para a sua pré-compra.

O que é que muda na Xiaomi Mi Band 3?

A Xiaomi Mi Band 3 é essencialmente uma melhoria incremental da Mi Band 2, pulseira originalmente apresentada em 2016. Agora, para 2018 a nova geração traz-nos um ecrã de 0.78 polegadas OLED, sensível ao toque (touch).

Através deste ecrã, tátil, poderás atender ou rejeitar chamadas. Contarás também com uma melhor experiência de visualização ao ar livre e através do ecrã poderás ver também as mensagens de texto recebidas.

Assim que estiver ligada ao teu smartphone, será capaz de te proporcionar mais informação do que a sua antecessora. Mais ainda, também a sua pulseira em silicone está agora mais confortável, providenciando uma experiência de utilização mais cómoda e segura.

Mais funções, mais autonomia e melhor ecrã na Xiaomi Mi Band 3

Mais ainda, na Xiaomi Mi Band 3 temos mais funções como o sensor de batimentos e frequência cardíaca. Mais ainda, temos também a apresentação da meteorologia, contador de passos, alerta de sedentariedade, entre outras funções.

Temos também conectividade NFC na versão mais cara desta pulseira, custando aqui 31 dólares, cerca de 28 euros. Mais ainda, a nível de autonomia as pulseiras aguentam até 20 dias com uma única carga, reflectindo o aumento da capacidade da bateria.

Neste momento estamos a inquirir a sua data de chegada a Portugal para esta pulseira que está a superar a sua antecessora. Pelo menos no número de pessoas registadas no site e loja oficial da marca.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Google Fotos quer quebrar as barreiras entre o Chrome e o teu Android

Xiaomi Mi 8 Explorer Edition, o que nos mostra a sua traseira transparente?

TechUntalked 11 – Existe privacidade no “mundo tecnológico”?!

Fonte | via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).