Xiaomi lança purificador de água que muitos vão querer em casa

Bruno Coelho
Comentar

A Xiaomi continua a aumentar o seu espólio de produtos para o lar. O mais recente chama-se Xiaomi MIJIA Water Purifier 1000G, e trata-se de um purificador de água, que muitos vão querer em casa.

Para quem quer água purificada em casa, este é um produto a ter em conta. Dispõe de um rendimento de 1000G, sendo que tem capacidade para saída de água 2,65 litros por minuto. Isto significa que é possível encheres um copo de água de 150 ml em apenas 3,5 segundos.

xiaomi

No que diz respeito à filtragem, conta com um filtro composto cinco em um e também um filtro RO para bactérias e metais pesados. Desta forma os mais vulneráveis, como bebés ou grávidas podem beber imediatamente a água filtrada.

A marca afirma que o filtro composto PPC conta com uma vida útil de 2 anos. Já o filtro RO pode ter uma vida útil de até 5 anos. Em ambos os casos, vai depender da utilização e cuidados de manutenção do utilizador.

xiaomi

Podes poupar até 2433 litros de água por ano com este purificador de água

Segundo os números revelados, a proporção de água residual pura é de 3 para 1. Mas pode chegar a 2 para 1. No final das contas, e comparando-o com purificadores de 400G, este modelo da Xiaomi pode economizar qualquer coisa como 2433 litros de água por ano.

Na torneira do produto tens um ecrã inteligente. Só é necessário abrir a mesma para saber se a água tem qualidade e se o filtro está a precisar de ser substituído. Ao ligá-lo à app da Mijia os utilizadores podem ter imediatamente acesso à qualidade da água.

Este não é um produto barato, mas para quem quer beber água da torneira filtrando-a, é uma boa opção. Foi para já lançado na China com um preço recomendado de 2299 iuanes (332 euros). A marca ainda não se pronunciou sobre um possível lançamento oficial na Europa.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.