Xiaomi lança nova fritadeira Air Fryer inteligente com preço de amigo

Bruno Coelho
Comentar

As fritadeiras a ar (air fryer) tornaram-se bastante populares nos últimos anos. Associadas a uma cozinha mais saudável, simples e com preços apelativos, são produtos cada vez mais procurados pelos consumidores. E a Xiaomi está atenta a isso.

A Mi Smart Air Fryer de 3,5 L é um produto de sucesso da marca na Europa. E agora acaba de lançar um novo modelo na China, que não só é maior (4 L), como chega ao mercado com um preço inferior: 43 € em conversão direta.

Xiaomi Smart Air Fryer 4L pode ser programada até 24 horas de antecedência

Neste modelo chamado Xiaomi Smart Air Fryer 4L temos um painel inteligente com vários botões, que mostra ser bastante versátil e intuitivo na hora de interagir com o produto. E a melhor parte é que pode ser comandado à distância com a app Xiaomi Home, onde tens acesso a perto de 200 receitas.

Esta pode ser programada até 24 de antecedência. Seja presencialmente ou através do smartphone, podes assim deixar os produtos no seu interior pela amanhã, e programá-la para começar a cozinhar alguns minutos antes de chegares a casa ao fim do dia.

À semelhança da versão que já conhecemos, permite aos utilizadores variar entre temperaturas de 80 e 200 graus. Caso queiras realizar o descongelamento de um produto, conta com um modo dedicado de 40 graus.

Este é um produto que podes usar para bem mais do que fritar batatas com praticamente nenhuma gordura. Esta também te permite preparar carne, peixe, pão, arroz, massa ou até iogurtes.

A melhor parte é mesmo o preço apelativo equivalente a 43 €, por um produto que passa de 3,5 para 4 litros de capacidade. Resta agora saber quando teremos este produto disponível para compra nos mercados globais, e qual será o seu preço por cá.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.