Xiaomi e Oppo preparam grande lançamento para 2021

Bruno Coelho
Comentar

Recentemente a Xiaomi assinalou o regresso ao segmento dos processadores. O Surge C1 é um processador de imagem que equipa o Xiaomi Mi MIX Fold. Mas a fabricante chinesa, bem como a Oppo, querem ir mais longe em 2021.

Xiaomi e Oppo prontas para anunciar processadores próprios com suporte para 5G

Segundo avança o Digitimes, ambas as tecnológicas estarão prontas para anunciar os seus próprios processadores com suporte para 5G. Estes serão processadores com acesso apenas às redes sub-6GHz, e podem chegar ainda este ano ou no máximo em 2022.

A fonte afirma que a Unisoc se deve juntar às duas tecnológicas no fabrico destes processadores. Esta notícia surge numa altura em que o investimento em semicondutores sobe na China.

Recorde-se que empresas como a Huawei foram banidas pelos Estados Unidos, estando impedidas de negociar com empresas americanas. Ao produzir os próprios processadores, estas empresas ficam menos dependentes de fabricantes estrangeiras.

O Surge C1, da Xiaomi, é um tímido sinal de que a empresa consegue desenvolver algo neste segmento. E recorde-se que é preciso recuarmos a 2017 para o lançamento de um verdadeiro processador da Xiaomi, o Surge S1.

Como é de esperar, um processador caseiro deve necessariamente ser melhor otimizado para os equipamentos. Essa é a razão pela qual a Apple consegue fazer uma gestão de desempenho e bateria, mesmo que o hardware não seja tão vistoso em números.

Se tens estado atento às novidades, sabes que a Google também está a ponderar avançar com um processador próprio. Além da Apple e da Huawei, também a Samsung desenvolve os seus próprios processadores. Tal como esta última, a Xiaomi e a Oppo não devem deixar de usar material da Qualcomm ou da MediaTek.

Editores 4gnews recomendam:

  • OnePlus lança nova versão do OnePlus Nord, e podes ser o único a tê-lo
  • Quebrou! Lenovo Legion Phone Duel 2 não resiste a dobragem em vídeo
  • Samsung lança a app iTest para transformar o iPhone num smartphone Galaxy
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.