Xiaomi: como ver se o teu smartphone vai receber atualizações no futuro

Bruno Coelho
Comentar

Até há bem pouco tempo, era pouca a informação que as fabricantes Android davam aos seus utilizadores sobre o suporte de atualizações dos seus equipamentos. Mas felizmente isso está cada vez mais a mudar.

Uma das fabricante a trabalhar nisso mesmo é a Xiaomi. A gigante tecnológica tem um site onde é possível ver os smartphones que contarão com atualizações de segurança e de Android, mas também aqueles que deixam de receber suporte.

Esta página dá pelo nome de Xiaomi Security Center. E numa das suas secções encontramos os produtos com selo AER (Android Enterprise Recommended) da Google. Estes reúnem os requisitos da Google tanto a nível de software como hardware.

Consulta o Xiaomi Security Center

Algumas das informações disponíveis no Xiaomi Security Center
Algumas das informações disponíveis no Xiaomi Security Center

Como podes ver na página, esta mostra-nos informações importantes como a versão que determinado smartphone saiu para o mercado. Mas também revela as versões para as quais será atualizado no futuro.

Xiaomi 12 e Xiaomi 12 Pro receberão atualizações até ao Android 15

Por exemplo, para os Xiaomi 12 e Xiaomi 12 Pro a marca promete uma frequência de atualizações de 90 dias. Estes chegaram ao mercado com Android 12, e será atualizados para o Android 13, 14 e 15. Além disso, a marca promete ainda atualizações de segurança até janeiro de 2026.

Outro dos pormenores que podes ver nesta página é se não existe previsão para o teu Xiaomi antigo receber mais atualizações. Isto porque encontras na página a lista de equipamentos da Xiaomi e Redmi que não receberão mais atualizações de software ou firmware. E esta é atualizada constantemente.

Produtos Xiaomi que não terão direito a mais atualizações
Produtos Xiaomi que não terão direito a mais atualizações

No Xiaomi Security Center podes consultar esta lista que também inclui equipamentos da Redmi.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.