Xiaomi Band 7 frente a frente com Amazfit Band 7 em 4 pontos distintos

Mónica Marques
Comentar

Xiaomi Band 7 e Amazfit Band 7 chegaram recentemente ao mercado e ambos oferecem recursos interessantes e um preço acessível.

Mas quais os pontos que as diferenciam e que podem levar os utilizadores a optarem por um destes modelos? Colocamos as duas smartbands num frente a frente para que possas fazer a tua escolha informada.

1. Design

Xiaomi Band 7
Xiaomi Band 7 Crédito@Xiaomi

A Amazfit Band 7 tem um design retangular, praticamente isento de curvas para alojar o seu ecrã igualmente retangular. Já a Xiaomi apresenta-se com um design curvo e bastante atraente que acaba por ser mais elegante e apelativo.

Mas ambas as smartbands dispõem de braceletes em silicone, disponíveis em várias opções de cor, além de fornecerem resistência à água de até 50 metros.

2. Ecrã

As duas smartbands estão isentas de botões físicos e, por essa razão, todo o seu funcionamento assenta nos ecrã táteis integrados.

A Band 7 da Xiaomi está equipada com um ecrã AMOLED de 1,62 polegadas que oferece uma resolução de 490x192 pixéis enquanto que a Amazfit Band 7 tem um ecrã, igualmente AMOLED, com 1,47 polegadas e uma resolução de 368x198 pixéis.

Apesar de o ecrã da Xiaomi ser maior, a forma retangular da Amazfit permite uma leitura de dados muito fácil e, por essa razão, podemos dizer que neste ponto ambas as smartbands apresentam um desempenho equivalente.

3. Recursos de desporto e de saúde

Amazfit Band 7
Amazfit Band 7 Crédito@Amazfit

Nos recursos direcionados para a saúde, as duas smartbands contam com sensores para monitorização de frequência cardíaca, níveis de oxigénio no sangue (SpO2), além de rastreamento de qualidade do sono e do ciclo menstrual.

Mas a Amazfit tem uma surpresa reservada que a coloca num patamar acima da Xiaomi. A smartband permite monitorizar os níveis de stress ao longo do dia, o que pode ser um argumento de compra decisivo para alguns utilizadores.

Já nas funcionalidades para a prática de atividade física, a Xiaomi Band 7 conta com 110 modos desportivos, reconhecendo automaticamente de até cinco modos enquanto que a Amazfit Band 7 tem 120 modos e deteta até quatro, também de forma automática.

Ambas não têm GPS incluído, mas quando emparelhadas com um smartphone via Bluetooth 5.2, permitem usar o sistema de navegação por satélite deste. São compatíveis com terminais Android e iOS.

4. Bateria

A Xiaomi Band 7 está equipada com uma bateria de 180 mAh que fornece autonomia, de acordo com a marca, para de até 14 dias em funcionamento.

Por sua vez, a Amazfit Band 7 integra uma bateria maior, de 232 mAh, que fornece também mais dias de autonomia, de até 18 dias.

Qualquer utilizador que veja a autonomia como ponto decisivo, não deverá ter dúvidas sobre a melhor smartband entre os dois modelos.

Estes quatro pontos são informações cruciais que deves ter em conta quando vais comprar um wearable. E agora que já sabes tudo sobre a Xiaomi Band 7 e a Amazfit Band 7, já escolheste a tua smartband favorita?

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.