Xiaomi afasta Apple do pódio das vendas de smartphones a nível mudial

Carlos Oliveira
Comentar

Os dados fazem parte do mais recente relatório de análise de mercado da agência Gartner e dão conta de uma subida importante para a Xiaomi. A empresa chinesa conseguiu suplantar a gigante Apple no terceiro posto da hierarquia mundial.

O relatório em causa diz respeito ao terceiro trimestre deste ano e confirma tendências que se têm verificado ao longo do ano. A Huawei continua em queda e as suas conterrâneas, nomeadamente a Xiaomi, continuam a tirar proveito dessa situação.

Gartner mercado

Xiaomi foi quem mais cresceu no terceiro trimestre de 2020

No período compreendido entre julho e setembro de 2020, a Xiaomi registou uma subida de 34.9% no número de vendas de smartphones a nível mundial. Foi, aliás, a empresa que registou o maior impulso e que lhe vale já a terceira posição na hierarquia mundial.

Com um total de mais de 44 milhões de equipamentos vendidos neste período, a Xiaomi deixou ficar para trás a gigante americana Apple. A última, vendeu mais de 40 milhões de dispositivos no mesmo período e que apesar da marginal contração de 0.6%, vê-se agora fora do top-3 mundial.

No entanto, acredita-se que esta tendência negativa da Apple desapareça no trimestre seguinte. Isso dever-se-á à chegada dos iPhone 12 ao mercado que, ao que tudo indica, estão a ser bem recebidos e deverão catapultar a Apple novamente para o pódio.

No topo da hierarquia encontra-se, sem grande surpresa, uma Samsung já bem distante da sua rival Huawei. A tecnológica sul-coreana registou um crescimento de 2.2% no terceiro trimestre de 2020, totalizando mais de 80 milhões de smartphones vendidos em todo o globo.

Huawei continua em queda vertiginosa

Não há como não notar a queda constante da Huawei, outrora aspirante ao primeiro posto desta tabela. A chinesa viu o seu número de vendas contrair 21.3%, o que a destaca claramente das restantes pela negativa.

Ainda assim, a empresa chinesa conseguiu vender mais de 51.8 milhões de smartphones em todo o mundo. Sem uma descriminação de mercados, acredita-se que a China possa ter tido um papel importante neste registo.

Para completar o top-5 de vendas a nível mundial, temos a chinesa Oppo. Esta empresa, em clara expansão no Velho Continente, registou, ainda assim, uma queda de 2.3% nas suas vendas, mas não o suficiente para a retirar da elite mundial.

Mercado mundial de smartphones continua em queda

Olhando para o mercado na totalidade, registou-se uma queda de 5.7% nas vendas de smartphones em relação ao mesmo período de 2019. Isto traduz-se numa redução de cerca de 20 milhões de equipamentos vendidos face ao período homólogo do ano anterior.

Foram várias as razões que contribuíram para este desfecho negativo. Porém, a pandemia da Covid-19 teve certamente um papel fundamental para tal, visto que as pessoas estão mais cautelosas na hora de gastar o seu dinheiro.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.