Xiaomi 12S e 12S Pro são oficiais e chegam com pequenas grandes diferenças

Mónica Marques
Comentar

Depois de muitos rumores e antecipação, eis que a nova série 12S da Xiaomi foi oficialmente apresentada.

A marca chinesa consegue ser assim a primeira a fazer chegar ao mercado os primeiros terminais equipados com o processador Snapdragon 8+ Gen 1. E cada um dos três novos modelos tem os seus próprios argumentos. Vamos então agora conhecer mais em pormenor o 12S e o 12S Pro.

As pequenas grandes diferenças entre o 12S e o 12S Pro

Xiaomi 12S
Crédito@Xiaomi

Eis que finalmente estamos a conhecer a esperada série 12S da Xiaomi que chega com três novos modelos: 12S, 12S Pro e 12S Ultra. Mas concentremo-nos nos dois primeiros que, apesar de registarem algumas semelhanças, divergem em pontos que podem fazer toda a diferença para alguns utilizadores.

Já se sabe e essa é a característica principal desta série. Ambos os equipamentos têm aos comandos o processador Snapdragon 8+ Gen 1, assim como ambos contam com 256 GB de capacidade no armazenamento interno.

Já no que respeita à memória RAM, são um pouco diferentes. Enquanto que o modelo 12S Pro conta com de até 8 GB, o 12S vai um pouco mais longe e fornece de até 12 GB de memória RAM.

Também no ecrã as coisas diferem. O 12S pro faz jus ao nome com um ecrã AMOLED um maior com 6,73 polegadas que fornece uma resolução 2K e uma taxa de atualização dinâmica de até 120Hz, além de 1.500 nit de brilho. Já o 12S fica-se pelas 6,28 polegadas no seu painel AMOLED com uma resolução de 2400x1080 pixéis, uma taxa de atualização de 120 Hz e ainda 1.100 nit de brilho máximo.

Xiaomi 12S Pro com três sensores de 50 megapixéis e carregamento rápido de 120 watts

Xiaomi 12S pro
Crédito@Xiaomi

Chegámos agora à parte ótica. Aqui, mais uma vez, o 12S Pro conta com especificações mais avançadas, desde logo a começar pelo facto de contar com três sensores com 50 megapixéis de resolução cada um. O sensor primário é o Sony IMX707, à semelhança do que acontece com o modelo 12S, o segundo sensor integra também zoom ótico de 2x enquanto que o último sensor é um ultrawide.

O 12S apresenta como sensor principal o Sony IMX707 com 1/1.28" e 50 megapixéis de resolução. Mas ambos contam com um ultrawide com 13 megapixéis e um sensor macro de cinco megapixéis.

A diferença entre ambos pode levar a que os utilizadores mais voltados para a fotografia optem pelo modelo 12S Pro, uma vez que não lhe faltam argumentos nesse campo. É importante salientar que toda a parte ótica desta série conta já com a colaboração e chancela da conhecida marca de imagem Leica, na forma de vários filtros e estilos que os utilizadores podem aplicar às imagens captadas por si.

Quanto à autonomia, assinalam-se diferenças significativas. O modelo 12S é alimentado por uma bateria de 4.500 mAh com suporte para carregamento rápido de 67 watts e carregamento sem fios de 50 watts. De acordo com a marca a bateria oferece agora mais tempo de vida útil, cerca de 1,24 dias, antes de ser necessário ligá-los ao carregador.

Mas o modelo 12S Pro, não só traz consigo uma bateria maior de 4.600 mAh, como também suporte para carregamento rápido de 120 watts e carregamento sem fios de 50 watts.

Depois de um apelo à compreensão dos utilizadores sobre o facto de incluir tecnologia de ponta e especificações avançadas não sair barato aos fabricantes de smartphones, são anunciados, e de forma demasiado rápida, os preços dos modelos. Assim, o 12S vai ser disponibilizado a partir dos 3.999 yuan enquanto que o 12S Pro terá um custo a começar nos 4.699 yuans. Conversões feitas temos preços aproximados de 572 euros e 672 euros, respetivamente.

Infelizmente, não foram avançados pormenores sobre a disponibilização dos terminais a nível global..

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.