WhatsApp vai deixar de funcionar nestes equipamentos iOS a partir de outubro

Mónica Marques
Comentar

Na véspera do lançamento do novo iPhone 14, surgem notícias de que a aplicação WhatsApp vai deixar de funcionar em todos os equipamentos com o sistema operativo inferior ao iOS 12.

Mais especificamente, a 24 de outubro de 2022, todos os utilizadores que estiverem a utilizar o iOS 11 ou inferior, não vão conseguir usar a plataforma de conversação.

A 24 de outubro de 2022 WhatsApp passa a funcionar apenas com iOS 12 ou superior

WhatsApp
A partir de outubro, a aplicação WhatsApp só vai funcionar com iOS 12 ou superior Crédito@Solomin/Unsplash

Em novembro de 2021, a aplicação WhatsApp deixou de funcionar em alguns equipamentos que tinham versões mais antigas do sistema operativo iOS e agora prepara-se para fazer o mesmo.

De acordo com informações hoje divulgadas pelo site WABetaInfo, a partir de 24 de outubro de 2022, a plataforma de conversação vai deixar de funcionar em equipamentos com o iOS 10 e 11 instalados. Por outras palavras, os utilizadores têm obrigatoriamente de instalar a versão iOS 12 ou superior para continuar a usar a aplicação.

Nesse sentido, modelos como o iPhone 5S, iPhone 6 ou iPhone 6S apenas têm de instalar o iOS 12 para continuar com o WhatsApp ativo. Mas os utilizadores do iPhone 5 e iPhone 5C não têm a mesma “sorte”, visto que estes modelos não são compatíveis com a versão 12 do sistema operativo iOS.

Por isso, se tens um iPhone 5 ou 5C, equaciona encontrar uma solução até ao próximo dia 24 de outubro, visto que a partir desse mesmo dia não serás capaz de utilizar esta aplicação de conversação.

Especificações esperadas no iPhone 14

Uma das soluções para continuares a utilizar a app WhatsApp é adquirires um dos novos modelos do iPhone 14 que têm chegada prevista às lojas no dia 16 de setembro.

Quando te prepares para escolher, tem em conta que a Apple está a diferenciar os modelos base dos modelos Pro. Estes últimos vão chegar equipados com o novo processador A16 Bionic da marca, assim como com um novo sensor primário com 48 megapixéis de resolução.

Em contrapartida, os modelos não Pro vão integrar baterias maiores, o que é um ponto a seu favor, visto que vão demorar mais tempo entre carregamentos.

Todos os modelos vão contar com 6 GB de memória RAM, mas enquanto os modelos base têm um máximo de 512 GB de armazenamento interno, os modelos Pro vão ser disponibilizados em variantes de 1 TB.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.