WhatsApp reforça privacidade na versão Web e Desktop

Rui Bacelar
Comentar

A todos os utilizadores que trabalhem durante várias horas no computador, as versões WhatsApp Desktop e WhatsApp Web da app de mensagens podem ser ferramentas poderosas para não depender do smartphone. Porém, a privacidade dos conteúdos no grande ecrã é uma preocupação real que não passou despercebida aos responsáveis pela plataforma de comunicação instantânea.

Nesse sentido, os responsáveis pela plataforma trabalham atualmente numa solução que protegerá a confidencialidade dos conteúdos do WhatsApp. Por outras palavras, um mecanismo de proteção contra olhares indiscretos se tiverem sessão iniciada nas versões Web e Desktop do mensageiro.

Maior proteção da privacidade para o WhatsApp Web e WhatsApp Desktop

WhatsApp Desktop

Segundo avança a publicação WABetaInfo, o WhatsApp está a estar internamente um novo ecrã de bloqueio protegido por senha. Ou seja, se o mensageiro ficar inativo durante um determinado tempo, será aplicado um ecrã de bloqueio protegido por password.

Tal como podemos observar pela imagem acima, sempre que o utilizador volte a usar a aplicação para computadores, o WhatsApp Desktop, com aplicação similar no WhatsApp Web, terá que inserir a sua palavra-passe definida pelo próprio.

Importa frisar que as novidades foram detetadas primeiramente na versão Desktop, ou seja, na aplicação para computadores da app de mensagens. Assim, teremos mais controlo sobre a privacidade da plataforma de mensagens, ainda que não seja necessário voltar a associar a conta através da leitura do código QR com o smartphone.

Solução visa proteger o WhatsApp de forma prática mas eficaz

WhatsApp is working on a screen lock feature on Desktop beta!Thanks to the screen lock option, you will be able to protect the app from unauthorized access by using a password!https://t.co/Svw4t8dmdv

— WABetaInfo (@WABetaInfo) 20 de novembro de 2022

Sempre que o utilizador fechar o WhatsApp Web no seu PC (Windows ou Mac), quando o voltar a abrir ser-lhe-á apresentado um ecrã como o que vemos acima. Desse modo, se outro utilizador entrar no seu PC e tentar aceder ao WhatsApp, sem a necessária permissão, não o conseguirá fazer.

Trata-se assim de um bloqueio eficaz, mas que não obrigará o utilizar a fazer novo scan do código QR para autenticar a sua conta nas versões Web ou Desktop. Na prática, a plataforma visar dar mais controlo aos seus utilizadores e proteção da respetiva privacidade sem tornar esta verificação demasiado penosa, ou demorada.

Por fim, de momento esta funcionalidade está em desenvolvimento. Ou seja, não sabemos quando, ou se, chegará aos utilizadores globais da plataforma de comunicações, ainda que a sua utilidade seja inegável.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@4gnews.pt