WhatsApp: Já há mais detalhes sobre a nova (e muito desejada) característica da aplicação

Filipe Alves
Comentar

O WhatsApp está prestes a introduzir uma nova funcionalidade que dará aos seus utilizadores a possibilidade de enviar mensagens que automaticamente se apagam. Algo muito idêntico ao que temos no Snapchat.

Já não é a primeira vez que se fala na nova funcionalidade da aplicação, porém, hoje temos mais detalhes de como será a característica para todos os utilizadores.

WhatsApp dará para automaticamente apagar a mensagem em diferentes espaços de tempo

WhatsApp

Segundo as imagens do leaker "WABetainfo", que já se revelou inúmeras vezes correto no passado, os utilizadores terão a possibilidade de apagar as suas mensagens enviadas em alguns determinados espaços de tempo.

  • Apagar em 1 hora
  • Apagar num dia
  • Apagar numa semana
  • Apagar num mês
  • Apagar num ano

Esta funcionalidade poderá ser ativa no chat do utilizador com quem mandas mensagem. Resta-nos saber se poderás escolher determinadas mensagens que se apagam e outras não.

WhatsApp

Pelo que percebemos tens de mudar sempre nas definições que queres que uma mensagem se apague. Algo que podia, na minha opinião, ser feito de outra forma.

De referir ainda que não teremos a possibilidade de solicitar a remoção da mensagem assim que o utilizador recetor a lê. Algo que é possível noutro tipo de aplicações como o SnapChat.

Quando chegará a nova funcionalidade ao WhatsApp

WhatsApp

Ainda não há datas concretas da chegada da nova funcionalidade. Sabemos apenas que o Facebook - dona do WhatsApp - está a trabalhar na funcionalidade.

Porém, vale a pena referir que demorou quase um ano para que o Dark Mode chegasse à aplicação. Ou seja, não tenhas muitas esperanças que a nova funcionalidade chegue para todos os utilizadores nos próximos dias.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.