Apple Watch 4gnews 3 Watch OS 4
Watch OS 4 já foi apresentado para os Apple Watch!

WatchOS 4 está aqui. Finalmente. Há muito que os utilizadores do Apple Watch esperavam por esta atualização.

De facto, a quarta (grande) atualização do WatchOS vem trazer ainda mais qualidade de vida àqueles que o usam todos os dias. Àqueles que o usam para caminhar, para correr ou para nadar.

Vê ainda: OnePlus 5 não deverá ser substituído no evento da empresa para dia 19!

   

Devido a isso, uma das novidades terá que ver com os “batimentos cardíacos” e toda a informação relativa ao mesmo. Afinal, este é um indicador importantíssimo no dia-a-dia de uma pessoa.

Em segundo lugar, devido ao feedback dos consumidores, a gigante norte-americana decidiu incluir no Apple Watch a notificação de quando os “batimentos cardíacos” estão mais elevados do que deveriam.

Por outro lado, também as irregularidades nos batimentos – muito rápidos seguidos de outros mais lentos, e vice-versa – são algo com o que a Apple se preocupa. Daí ter criado o Apple Heart Study.

WatchOS 4 será uma excelente adição ao Apple Watch! A todos eles!

Esta atualização, o Apple Watch 4, ficará disponível para todos os utilizadores do relógio inteligente da empresa da maçã a partir do dia 19 de setembro. Como utilizador do Apple Watch, sem dúvida que posso dizer que foi um dos mais confortantes relógios que usei até agora. Não só desempenha as funções que lhe são pedidas como relógio em si, como várias tarefas diárias.

Fica atento(a) às novidades para que não te escape nada acerca deste e de outros equipamentos. Este é já o relógio mais usado no mundo e não seria de esperar outra coisa.

E já agora, como não foi o único a ser apresentado, o WatchOS 4, dá uma olhada nos artigos que estão disponíveis em 4gnews.pt.

Outros assuntos relevantes:

Apple Watch Series 3: Novo Smartwatch da Apple oficialmente anunciado

Apple TV – Nova geração com reprodução 4K HDR é agora oficial

Apple iPhone 8 e iPhone 8 Plus: estes são todos os seus detalhes!

Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.