Walmart utiliza câmaras com inteligência artificial para detetar roubos

António Guimarães
Comentar

A cadeia de grande retalho Walmart deu um passo acima no seu sistema de vigilância. A empresa revelou recentemente que tem utilizado câmaras com inteligência artificial para evitar roubos. Este sistema está a ser testado em mais de 1000 lojas pelos Estados Unidos.

O sistema chama-se Missed Scan Detection e deteta artigos passam pela caixa mas não pelo scanner de registo. É claro que durante o dia-a-dia, haverão várias ocorrências inocentes como clientes ou empregados que se enganem ou se esqueçam das compras. No entanto, este sistema poderá ser útil na detecção de roubo e o Walmart acredita que sim.

Este não seria o primeiro uso de tecnologia mais avançada aplicado às lojas de retalho. Em 2018, o Walmart iniciou o modelo de loja Mobile and Go, onde clientes entram, registam os produtos e fazem checkout, sendo tudo pago através do telemóvel.

Esta tecnologia já existe há 2 anos

Evergreen é o nome da empresa que providencia esta tecnologia ao Walmart, que de acordo com as estatísticas, parece estar a resultar. Uma das porta vozes da empresa declarou que as lojas que possuem este sistema viram um decréscimo na perda de stock, seja por roubo ou acidente.

Como sempre, a privacidade é uma questão

É importante questionarmos-nos em relação a este sistema de vigilância. Quanto tempo é que o Walmart irá armazenar os dados recolhidos? Além disso, será que as câmaras identificam e recolhem dados faciais dos clientes? A cadeia de grande retalho ainda não fez comentários sobre o uso desta nova tecnologia.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.