Volkswagen ID 1 promete ser um dos elétricos mais baratos do mercado

Carlos Oliveira
Comentar

A Volkswagen será uma das próximas construtoras automóveis a tentar democratizar o acesso aos veículos elétricos. Para tal, prepara o lançamento do Volkswagen ID 1, com a promessa de ser o mais acessível do seu portefólio.

Os valores inicialmente apontados para o novo veículo elétrico da empresa alemã dão conta de uma etiqueta a rondar os 19 mil euros. A ser isto verdade, será de facto um dos mais acessíveis do mercado.

Volkswagen ID 1 de 19 mil euros chegará apenas em 2025

Este novo carro acessível estava inicialmente previsto para chegar ao mercado já em 2023. Contudo, alguma insatisfação com o seu design terá obrigado a Volkswagen a adiar o lançamento para 2025.

Volkswagen ID 1

O design do Volkswagen ID 1 poderá ser similar ao da imagem que ilustra o presente artigo, colhendo várias influências do segmento ID da alemã. A sua silhueta mais futurista e a barra de iluminação na frente do veículo serão traços diferenciadores do próximo carro da Volkswagen.

O Volkswagen ID 1 deverá ser construído em Espanha na mesma fábrica onde são produzidos os veículos idênticos da Skoda e Cupra. A sua base de desenvolvimento será a plataforma MEB Entry, permitindo uma redução de 10 cm no comprimento do ID 1 face ao ID 3.

Apesar desta ligeira diferença estática, o novo Volkswagen ID 1 será em muito semelhante ao seu irmão ID 3. Com efeito, o novo modelo acessível contará com motores de 176 kW e baterias de 57 kWh no modelo mais potente da linha.

Para o condutor normal, isto deverá traduzir-se numa autonomia a rondar os 400 km. Já o seu poder de arranque permitirá ao ID 1 ir dos 0 aos 100 km/h em sete segundos.

Não são os números de aceleração mais impressionantes do mercado, mas devemos considerar o mercado em que o novo Volkswagen ID 1 se posicionará. Falamos de um modelo citadino e concebido para ser acessível às massas.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.