Vodafone Portugal duplica dados na rede face ao pré-pandemia

Bruno Coelho
Comentar

A Vodafone Portugal revelou os dados mais recentes sobre o tráfego de dados na sua rede. E as boas notícias é que este aumentou 102% durante este verão (julho e agosto), face ao mesmo período de 2019, pré-pandemia.

“Esta subida para o dobro reflete o perfil de consumo dos utilizadores, o maior recurso aos dispositivos móveis durante os tempos de lazer e férias, bem como o regresso aos grandes eventos que foram interrompidos durante a crise de saúde pública”, pode ler-se em comunicado da Vodafone.

O aumento de tráfego em julho e agosto também foi significativo face ao verão de 2021. Os números ascendem a 35%, e para tal contribuiu o uso de aplicações como Instagram, Facebook, YouTube e TikTok.

vodafone

Para tal contribuiu bastante a recuperação da procura turística no país. Foi registo que o tráfego de dados gerado por visitantes (o chamado roaming-in) cresceu 100% neste verão face a 2019. O número de utilizadores em roaming aumentou 34%.

Algarve, Costa Vicentina e Minho regista maior aumento sazonal de dados

As regiões de Algarve, Costa Vicentina e Minho foram aquelas em que se verificou um maior aumento sazonal de dados. O maior volume de dados móveis foi registado na região do Algarve.

De realçar que o tráfego associado aos dispositivos ligados a 5G de nova geração representou 5% do total de dados processados em toda a rede Vodafone. Este chegou a atingir 11% nas zonas já totalmente cobertas por 5G.

Este aumento é ainda mais expressivo em zonas com festivais de verão, como o Rock in Rio e o Vodafone Paredes de Coura. Nestes o 5G representou cerca de 30% do total de tráfego de dados móveis.

O período entre as 20h e as 24h concentrou a maior parte do tráfego de dados, cerca de 22% do total diário.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.