Vivo quer conquistar-te com smartphones que 'mudam de cor'

Rui Bacelar
Comentar

A Vivo é uma das mais recentes fabricantes de smartphones a chegar a Portugal. Agora, dá a conhecer a sua implementação "Chasing the Light - a Revolução da Tecnologia Fotocromática" aplicada na construção dos seus smartphones Android.

Em causa está um elemento da inovação Vivo que chegam até nós através dos insights de laboratório sobre a tecnologia de mudança de cor. É a mais recente estratégia da marca para conquistar um lugar de destaque no mercado de dispositivos móveis nacional.

Smartphones mais divertidos com cores dinâmicas e vibrantes

Vivo smartphone Android

Inspirada no ciclo da noite e do dia, a procura de inovação por parte da vivo resultou na descoberta de um material com propriedades de mudança de cor quando exposto à luz UV.

Assim, dependendo das condições do dia, a tecnologia do vidro fotocrómico com mudança de cor permite que o exterior do dispositivo exiba duas cores completamente diferentes.

Em suma, isto resulta em cores mais vibrantes do que as tonalidades de outras tecnologias de mudança de cor, baseadas no electrocrómico.

O processo desafiante para uma tecnologia diferenciadora em Portugal

Cameras. Colors. Resolutions. The tech experts @TimesNow adore these aspects of the #vivoV25. Buy Now: https://t.co/SXzkTLmA7Q#DelightEveryMoment #MagicalPhone pic.twitter.com/j4GlSmuje0

— vivo India (@Vivo_India) 27 de outubro de 2022

A partir de 2018, a equipa de investigação da vivo testou inúmeros materiais diferentes- Aqui, aliás, incluindo os materiais fotocrómicos. No entanto, estes materiais utilizados na fase inicial não foram ao encontro da durabilidade necessária. Isto uma vez que causaram um comprometimento do desenho CMF.

Assim, após testar seis materiais fornecidos por fabricantes na Alemanha e no Japão, no ano de 2020 a equipa de investigação selecionou um dos materiais que teve um bom desempenho. Finalmente, estava pronto para ser utilizado em smartphones.

Aplicar material sem afetar as funções dos smartphones Android da Vivo

vivo V23 5G Smartphone

Ecrã: 6,44'' AMOLED Full-HD+ a 90 Hz
Processador: MediaTek Dimensity 920 (6 nm)
RAM: desde 8 GB
Armazenamento: desde 128 GB
Câmaras: 64 MP + 8 MP + 2 MP / 50 MP + 8 MP
Bateria: 4 200 mAh a 44 W
Cores: Sunshine Gold, Stardust Black

A questão seguinte surgiu naturalmente: Como aplicar o material fotocrómico, sem afetar as funções do smartphone?

As moléculas fotocrómicas são uma classe de moléculas que mudam de cor quando estimuladas por uma fonte de luz, e os efeitos da cor dependem da estrutura molecular interna do material.

Portanto, para criar uma superfície com mudança de cor, foram necessárias formas inovadoras de processar a camada inferior da película à prova de explosão, fixada ao painel do vidro traseiro.

Dessa forma, os engenheiros da vivo podiam assegurar a mistura uniforme do material do fundo e do material com mudança de cor.

Os materiais aplicados foram expostos a diferentes condições de luz, tais como a luz solar natural sob uma quantidade variável de tempo, bem como sob diferentes temperaturas ambientais.

Curiosamente, as lâmpadas UV de pregos tornaram-se mais tarde uma das escolhas para estimular as luzes UV para além das lâmpadas UV de laboratório, devido à sua flexibilidade.

Foram examinadas mais de 15 cores diferentes, e apenas alguns dos efeitos de mudança de cor passaram a rigorosa triagem que permitiu que fossem mais tarde levadas aos consumidores.

Desenho à prova de água e resistente às intempéries

vivo V21 5G Smartphone

Ecrã: 6,44'' AMOLED Full-HD+ a 90 Hz
Processador: MediaTek MT6853 Dimensity 800U (7 nm)
RAM: desde 8 GB
Armazenamento: desde 128 GB
Câmaras: 64 MP + 8 MP + 2 MP / 44 MP
Bateria: 4 000 mAh a 33 W
Cores: Dusk Blue, Sunset Dazzle, Arctic White

Um critério importante era testar as resistências ao tempo e ao envelhecimento. Os protótipos foram submetidos a experiências rigorosas no laboratório vivo, incluindo um teste de envelhecimento UV, irradiando os protótipos durante 96 horas utilizando um Q-Lab QUV Accelerated Weathering Tester.

Com efeito, um dos ciclos de testes consistiu em 4 horas de exposição UV e 4 horas de condensação de humidade, e todo o processo foi repetido ao longo de 12 ciclos no total.

Ademais, outra experiência dizia respeito à radiação solar. Assim, foram colocados numa caixa debaixo de uma lâmpada, os protótipos foram irradiados durante 20 horas e permaneceram na escuridão durante 4 horas.

Por fim, em julho de 2021, a tecnologia do vidro fotocrómico com mudança de cor foi lançada com sucesso, conforme previsto. Pela primeira vez, materiais fotocrómicos foram utilizados em produtos produzidos em massa.

Portanto, após terem sido estabelecidas novas normas de inspeção de testes, sendo atualmente aplicados em dois modelos de smartphones vivo disponibilizados no mercado nacional, no V21 e no V23.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@4gnews.pt