Motorola
O Motorola Moto G5

Por várias vezes escrevemos artigos dos equipamentos Motorola e depois os analizar e ler ao pormenor cheguei a uma conclusão, os utilizadores Motorola Moto devem ser dos mais felizes do mundo. Passo a explicar…

A Motorola foi a empresa que começou a esta revolução de telemóveis (ou celulares). Há uns bons anos, quando os smartphones eram apenas um utopia, a empresa Americana liderava o mercado com aqueles equipamentos do tamanho de um tijolo.

Vê ainda: Motorola: As novidades do Android Nougat para os Moto X

   

Os anos passaram e a Motorola foi acompanhando o mercado até onde conseguiu. Lembram-se do MotorolaV3? (RAZR em alguns mercados) E do MotorolaE1000? Com o início dos smartphones a empresa Americana sempre conseguiu acompanhar, até que o iPhone apareceu e mudou a forma como encaramos o equipamento móvel.

Motorola Moto G5

A Motorola foi-se perdendo no mundo mobile e acabou na desgraça cheia de patentes que outras marcas cobiçavam. A empresa acabou vendida à Google que trouxe a Moto às luzes da ribalta e que se apoderou das patentes mais importantes da indústria mobile.

O primeiro Moto X e Moto G foram lançados e consequentemente obteve um sucesso que poucos acreditavam, mas porque?

A Google soube olhar para onde os outros simplesmente ignoravam. A Motorola escolheu o Brasil para focar o seu produto e os preços baixos com boas especificações fizeram um sucesso que poucos acreditavam ser possível.

Vê ainda: Depois do Galaxy S8: Já se fala do Galaxy X e do Note 8

O mercado Brasileiro é um mercado muito peculiar. Para além de muito exigentes com os seus gadgets, não desculpam uma empresa que os tenha tratado menos bem no passado. Por isso é que marcas como a Samsung não conseguem ter tanto sucesso como outras como a Asus ou Motorola.

Quem consegue viver uma vida folgada a nível monetário até pode optar por comprar um topo de gama Apple ou mesmo Samsung, mas sendo o Brasil um mercado onde a gama-média prevalece, a Motorola continua a ter sucesso ano após ano.

Mas e porque é que os utilizadores Motorola são os mais felizes do mundo? Simplesmente porque a marca olha para os utilizadores com respeito.

Mesmo depois da empresa ter sido comprada pela Lenovo, a Moto continua a implementar a mesma filosofia anterior, preços bons, boas especificações e atualizações a tempo e horas.

No que toca a atualizações, é verdade que a marca já foi mais rápida quando era liderada pela Google, porém, continua a ser uma das empresas que mais se preocupa em deixar os seus gadgets atualizados o mais rápido possível, ao contrário da LG, Samsung ou mesmo Asus.

Ser utilizador Motorola nos dias de hoje é bom, muito bom!

Para além disso tudo, a utilização com os smartphones Moto são basicamente uma interação com Android puro. É verdade que depois do lançamento do Google Pixel (podes ver aqui a review) as coisas mudaram um pouco no Sistema Operativo da Google, todavia, a Moto continua a não inventar no seu User Interface!

A verdade é que conseguimos perceber pelas visualizações do site que os utilizadores Motorola são mais felizes que a maioria. São inúmeros os emails que recebemos, ou questões no nosso fórum, sobre atualizações deste ou daquele modelo, enquanto os Moto simplesmente recebem os updates sem quaisquer tretas.

De referir que o lançamento do Moto G5 é o reflexo do bom trabalho da empresa liderada pela Lenovo. Os smartphone podem até ter um design questionável para alguns utilizadores, mas oferecem aquilo que um simples Ser Humano mais gosta, boas características para o preço que está a pagar.

Muito bem Motorola, muito bem!

Outros assuntos relevantes:

Moto X (2017): Imagens revelam novo Motocom dual-câmara!

Funções exclusivas do Android 7.1.2 para o Moto G4, G4 Plus, Moto Z e Z Play

Moto G5 chegará com nova cor Azul Safira

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.