O UMi Plus é o novo smartphone da empresa Chinesa. A maior parte das pessoas que está neste momento a ler este artigo certamente já se reparam com o nome UMi algures na sua vida, e é normal! A marca tem vindo a trabalhar muito bem no mercado mobile e cada vez mais se galvanizam pelo sucesso prematuro.

Desde o seu UMi Zero que me tornei um assíduo seguidor ao trabalho que a empresa tem desenvolvido. Entre outros, já me passou pelas mãos o UMi Super, UMi Max, UMi Emax ou mesmo o modesto UMi Rome.

   

Uma questão que sempre gostei nesta empresa é que ela sabe onde competir e como competir. O design dos smartphones é, na maior parte das vezes, fantástico e quando decidem fazer algo robusto e menos elegante, investem bem nas especificações para o preço solicitado.

Este UMi Plus é bem mais do que apenas uma boa peça de hardware. O terminal é feito para todos aqueles que no passado se viram apaixonados pela empresa HTC e ficaram tristes pelo seu devaneio.

Comparo bastante estas duas marcas porque, quer queiramos ou não, existe aqui uma forte inspiração. Os smartphones são robustos, sólidos, bem desenhados e não tem medo de pesar um pouco mais para nos dar uma boa autonomia. Este UMi Plus é isso mesmo, um equipamento capaz que se mostrará fiel às suas origens.

umi-plus-review-4news-56

Design e qualidade de construção

Começando por onde acredito que a UMi tem evoluído bem! O design deste smartphone pode não deslumbrar à primeira vista, mas é nos detalhes que esta empresa me conquista. O UMi Plus dá-nos um design robusto e, tanto na parte traseira como frontal, é um smartphone que se mostra capaz de desviar olhares alheios.

À primeira vista, e de forma leve, vê-se a semelhança com o HTC One M9, traz-me à memória aquilo que seria o perfeito irmão gama-média que o flagship nunca teve. O UMi Plus consegue dar um excelente grip para um terminal nos 200€.

Finalmente a UMi investiu num leitor de impressões digitais na parte frontal, mas a conveniência tem um custo. O smartphone perdeu aquele sexy LED de notificações que normalmente oferece no "botão" home.

O LED foi movido para a parte superior do equipamento e embora já não conte com o glamour de outrora continua a ser uma excelente forma silenciosa de me alertar das notificações perdidas.

As medidas de 75 x 155 x 8.8 mm e o peso de 185g fazem deste terminal grande e pesado para o que o mercado nos habituou, mas nem tudo é mau. Se preferires uma boa autonomia num ecrã de 5.5" polegadas, o dispositivo guarda esse trunfo que poucos conseguem oferecer.

umi-plus-review-4news-1

Os botões nas laterais são super bem construídos e seja o volume e On/off no lado direto, ou o botão inteligente (que poderás definir a função) do lado esquerdo, todos eles oferecem um click invejável. Algo que me deixou um pouco desapontado foi o click no botão Home, que para além de pouco agradável, me mete confusão.

O botão Home é sensível ao toque e ao click. Ou seja, com um simples toque o smartphone sabe que queres ir para o menu inicial, o mesmo acontece se o pressionares. Já se quiseres dar um salto às multi-tarefas terás de clicar duas vezes. Mas sendo que o toque e o pressionar fazem o mesmo, o smartphone vê-se muitas vezes questionado do que queres realmente fazer. Acredito plenamente que seria preferível um botão apenas capacitivo de forma a dar mais robustez e solidez à parte frontal do terminal.

umi-plus-review-4news-4
UMi Plus: Jogo Riptide

Performance e Desempenho

O UMi Plus oferece-nos especificações de um gama-média mais do que capaz. O processador MediaTek Helio P10, as 4GB de RAM e 32GB de memória interna são sinónimo de qualidade na transição de apps ou utilização das mesmas. O smartphone dá-nos ainda a oportunidade de inserir um cartão de memória com mais 256GB e se és um daqueles, como eu, que utiliza dois cartões, ficarás feliz em saber que os podes utilizar ao mesmo tempo.

As suas especificações num vislumbre:

  • Ecrã de 5.5 polegadas IPS LCD
  • Resolução FullHD 1920 x 1080p
  • Processador MediaTek Helio P10 a correr 1.8Ghz
  • 4GB de memória RAM
  • 32GB de armazenamento interno expansível via microSD
  • Bateria de 4000 mAh
  • Android 6.0 Marshmallow
  • Câmaras de 13MP e 5MP

O User Interface do UMi é simples e muito idêntica a Stock Android. Isto significa que não terás problemas bloatware ou qualquer outra situação. A UMi continua a oferecer uma excelente experiência de utilizador e fico honestamente satisfeito com tal. umi-plus-review-4news-9

Ecrã

O ecrã de 5.5" polegadas FHD é difícil de encontrar num smartphone desta gama de preço. O equipamento dá-nos uma tela de qualidade com cores vivas e vibrantes. Os vermelhos são intensos e embora LCD, fiquei surpreendido com a sua qualidade. O capacitivo é também bastante receptivo e não terás problemas em escrever mensagens de uma forma rápida.

Algo que senti que este ecrã tinha espaço para melhoria foi a nível de software, ou seja, iluminação automática. Nem sempre o smartphone conseguia distinguir quando seria melhor para mim ter o ecrã no máximo, algo que me levou a optar por ser eu a decidir de com o modo manual na maior parte das situações.

umi-plus-review-4news-2

Câmaras: Fotografia e Vídeo

Aqui a novidade não é na qualidade fotográfica, mas no que espero que a UMi aprenda com este UMi Plus. A empresa tem investido em câmaras com o UI MediaTek, algo que tenho de admitir que não sou um fã. O User Interface das câmaras de smartphones oriundos da China estão longe da perfeição e é bom ver que as empresas se importam em dar mais e melhor.

A UMi apresentou-nos pela primeira vez este tipo de UI num smartphone e embora seja lento a tirar fotografias e super lento em HDR, vemos que a empresa Chinesa está a fazer um esforço para nos dar algo melhor.

Fotografia com qualidade reduzida para fluidez do site
Fotografia com qualidade reduzida para fluidez do site

Vê todos os exemplos de fotos aqui

A qualidade das fotografias não é perfeita mas em ambientes de luz terás uma qualidade bastante aceitável. Quando passas para o situações noturnas é aqui que a lente não aguenta. A falta de estabilização de imagem é também um factor negativo nesta câmara fotográfica.

umi-plus-review-4news-8

Autonomia

Aqui a história muda de figura. A bateria de 4000 mAh do UMi Plus é um achado nos dias de hoje. São raros os smartphones que me duram até ao final de dia com a minha utilização. Não só este UMi lá chegou, como superou. Chegando ao final do dia o smartphone ainda vivia com 20 a 30% de carga. Quando utilizei como segundo smartphone o UMi aguentou para uns impressionantes 3 dias sem ser ligado à corrente.

De referir que embora carregamento rápido terás de ter um cuidado extra para não perderes o cabo de ligação USB Type-C. O cabo é, aparentemente, como tantos outros, mas a ponta de aluminium é maior do que os normais cabos. Quando ligava um outro cabo de carregamento, simplesmente saltava para fora, desligando a conexão.

umi-plus-review-4news-10

Extras

Ainda a referir é a sua qualidade de chamadas. O dispositivo deu-me uma conexão saudável com uma boa audição e boa conversa no seu todo. Infelizmente quando ativava o alta-voz a situação mudava de figura. As colunas de fraca intensidade deixam a desejar e este é de facto um ponto a melhorar.

umi-plus-review-4news-7

Conclusão

Em suma, este UMi Plus é uma compra de qualidade. Nos dias de hoje comprar um smartphone desbloqueado, dual-SIM por 200€ já não é muito difícil se recorreres aos sites oriundos da China, mas aquilo que mais gostei é que não só as especificações são cativantes como num seu todo o smartphone destaca-se da concorrência de uma forma positiva.

Vê outras reviews: 

Alcatel Idol 4s: Análise / Review em Português

Vernee Apollo Lite Review: 90 Mil no AnTuTu por menos de 200€

Bq Aquaris U Plus Review | 200€ de pura beleza

Pontuação 4gnews
Design
7.5
Qualidade de Construção
8
Performance
7
Ecrã
7
Interface
7
Autonomia
8.5
Câmara
6
Qualidade/Preço
7.5
Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.