Tesla Model X

O evento da Tesla do dia de ontem não foi o que muitos achavam. Elon Musk, CEO da Tesla, SpaceX e Hyperloop, apresentou a possibilidade de inserir condução autónoma em toda a sua frota de carros.

Não percas: Amena Cavaqueira #1 Podcast já disponível: Tesla, Marte e séries até dizer chega!

   

Esta era uma das grandes dúvidas para aqueles que deixaram 1000€ na pré-reserva do Tesla Model 3. Este “self-driving hardware” é mais capaz do que o que a Tesla oferece neste momento e segundo Elon, caminhamos a passos largos para uma maior segurança rodoviária com menos erros humanos na condução.

elon-musk-tesla

O Hardware será vendido à parte, ou poderá ser adicionado a qualquer carro Tesla na customização antes da compra. Este Hardware conta com câmaras à volta do carro que dará uma visão 360º até 250 metros de distância, 12 novos sensores ultra-sónicos complementam a visão das câmaras e darão uma eficiência duas vezes superior ao hardware anterior. Estes sensores e câmaras terão a capacidade de ver o mundo à volta mesmo quando está chuva torrencial, nevoeiro ou poeira. Esta tecnologia tem um valor de 8000$.

Quando questionado sobre os acidentes que envolviam os modelos Tesla em modo automático e o facto de ser um risco para a vida humana, Elon respondeu ao jornalista que: “Quando escreves um artigo a dissuadir as pessoas da utilização de um veículo autónomo estás a matar pessoas“. Palavras radicais para um visionário radical.

No dia 28 de outubro teremos mais informações da Solar-City, empresa comprada pela Tesla que fornece baterias e possibilidades de armazenamento de energia de forma renovável.

Talvez queiras ver:

Continuamos sem sinal sobre Schiaparelli, o robô que aterraria em Marte

Poderá o Samsung Galaxy S8 chegar com 8GB de memória RAM?

Vphone S8 é o “smartphone” touch mais pequeno do mundo