Tesla Model S envolvido em acidente com polícia enquanto circulava em AutoPilot!

Vitor Urbano
Comentar

Já há algum tempo que não recebíamos notícias sobre acidentes aparatosos que envolvam carros da Tesla em AutoPilot como "atores principais". Desta vez, tal como na maioria dos anteriores casos, a culpa do acidente recai totalmente sob o condutor do Tesla que, admitiu que na altura do acidente estava a ver um filme no seu smartphone.

Por sorte, nenhum dos envolvidos sofreu ferimentos e os danos acabaram por ser apenas materiais. O Tesla Model S circulava com o AutoPilot ativo e acabou por embater num carro da polícia que estava parado na estrada, curiosamente a prestar auxíliu a um segundo carro da polícia. Como se pode ver nas fotografias, foi realmente uma sorte ninguém ter ficado seriamente ferido.

Tesla Model S Autopilot acidente

Condutor do Tesla Model S teve sorte... muita sorte!

Ainda que tenha sido acusado com multa por violar a lei de "desviar para uma faixa livre" e "utilização de uma TV no veículo", o condutor do Tesla Model S deve considerar-se um verdadeiro sortudo. Considerando o aparatoso acidente, as suas acusações poderiam ter sido bastante mais sérias caso tivesse acontecido alguma fatalidade ou mesmo apenas lesões graves.

Mesmo nas condições em que todo o acidente aconteceu, a polícia poderia certamente ter avançado com acusações bastante mais sérias.

Tesla AutoPilot acidente

Esta não é a primeira vez que um acidente desta natureza acontece. De facto, é praticamente idêntico ao acidente que resultou na primeira fatalidade com o AutoPilot da Tesla ligado. Por isso, não seria de estranhar se a polícia tivesse sido mais dura com as suas acusações.

AutoPilot da Tesla continua longe de ser perfeito, especialmente nesta situação

De acordo com informações avançadas pela CBS, este era um modelo de produção inicial do Model S, o que muito provavelmente se reflete na presença da primeira versão do AutoPilot da Tesla.

Até mesmo a versão mais recente, que trouxe inovações incríveis e aumentou exponencialmente as capacidades dos carros, ter este tipo de atitude seria totalmente irresponsável. Com uma versão desatualizada do sistema de apoio à condução, é simplesemente o mesmo que pedir para ter um acidente.

Nunca é demais relembrar que, o AutoPilot da Tesla é para ser utilizado como um apoio à condução e nunca como um sistema de condução autónoma. Mesmo que seja capaz de controlar totalmente o carro em diversas situações, o condutor deve manter-se atento em todo e qualquer momento.

Editores 4gnews recomednam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.