Tesla Cybertruck vê o início da sua produção adiado novamente

Carlos Oliveira
Comentar

A Tesla Cybertruck foi desvendada pela marca americana em 2019. Esta carrinha pickup deveria iniciar a sua produção no final de 2021, porém, esse calendário ficará ainda mais no vermelho.

Produção da Tesla Cybertruck adiada para 2023

Segundo o que revela a agência Reuters, a Tesla vai adiar o início de produção da Cybertruck para 2023. Este veículo elétrico deverá começar a ser construído apenas no início do próximo ano.

Tesla Cybertruck

Este adiamento dever-se-á a algumas alterações nas funcionalidades e características da Tesla Cybertruck. Estas mudanças são motivadas pela concorrência, cada vez mais feroz, que este veículo terá de enfrentar no mercado.

Recordo que a Cybertuck deveria ter iniciado a sua fase de produção no final de 2021. Essa data acabou por não se confirmar, com Elon Musk a prometer colocar na estrada a sua carrinha pickup no final de 2022.

O adiamento agora reportado pela Reuters carece de confirmação por parte da Tesla, que ainda não comentou o assunto. Ainda assim, a marca já removeu do seu site as referências ao início da produção da Cybertruck em 2022.

É esperado um número de unidades limitado da Cybertruck durante o primeiro trimestre de 2023. Só a partir daí é que a Tesla deverá aumentar consideravelmente o volume de produção deste veículo.

A Cybertruck é um dos veículos mais arrojados que a Tesla já apresentou. Desde logo pelo seu design disruptivo, dominado por linhas retas e que lhe garantirá o destaque dos demais veículos a circular em qualquer estrada.

Ademais, temos o fator de resistência associado a esta carrinha pickup. Ainda que a demonstração inicial não tenha corrido bem, a Cybertruck contará com uma estrutura capaz de resistir até ao disparo de uma bala de 9 mm.

Relativamente a preços, a Tesla Cybertruck começará nos 39,900 dólares, embora ainda não se conheçam preços oficiais para Portugal. No entanto, já a podes reservar no site da Tesla com um depósito reembolsável de 100 €.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.