Tens uma PS5? Não a coloques na vertical sob pena de destruir a consola!

Rui Bacelar
Comentar

A atual Sony PlayStation 5 tem cerca de dois anos no mercado e, apesar da escassez de oferta, os fãs estão satisfeitos com a nova PS5 enquanto consola de nova geração. Entretanto, já demos conta de alguns rumores a sugerir a apresentação de uma versão Pro, ou melhorada da atual consola da Sony.

Porém, o que aqui nos traz hoje é uma tese que está a dividir os utilizadores na Internet. Segundo consta, há uma falha no design e conceção da consola que, a médio / longo prazo, pode condicionar o seu correto funcionamento e, inclusive, danificar a PS5. Apesar de a consola ter sido desenhada e concebida para ser usada na vertical, há agora quem argumente contra tal utilização.

A culpa? Bom, será da ação da força da gravidade no coração da PS5

Sony PlayStation 5

O risco de dado para a PS5 prende-se com a aplicação de um componente que ajuda a manter o seu núcleo menos quente durante a operação. Em causa está um composto similar a um gel metálico, criado para servir de interface entre o chip e a superfície de dissipação de calor. Ora, como todo e qualquer líquido, ou gel, estando na vertical este tende a cair pela ação da força da gravidade.

É precisamente aí que reside o busílis da questão. Certo é que é muito mais conveniente utilizar a PS5 na vertical. Aliás, todo o seu design, e modo de construção parece convidar-nos a fazer isso mesmo, qual orgulhosa torre de Isengard no meio da sala, ou junto à TV, ajudando-nos também a poupar espaço de arrumação.

Nota, contudo, que a Sony sempre nos deu a hipótese de montar a PlayStation 5 na vertical ou na horizontal. Não obstante, também a prefiro colocar na vertical pelos motivos supracitados e que aqui se replicam na íntegra. Mas, terá esta tese, preocupante deveras, algum fundamento?

A médio / longo prazo isto destruirá a tua PlayStation 5

O alerta foi dado por especialistas na área que, ao analisar alguns dos elementos de hardware - componentes físicos da consola - chegaram a esta preocupante conclusão. O uso da PS5 na vertical pode destruir a consola a médio / longo prazo consoante a intensidade de uso da mesma.

Devido a um erro de conceção no sistema de arrefecimento, a sua colocação vertical levará a que, inevitavelmente, o composto em gel de arrefecimento se vá acumulando na porção inferior do chip e componentes que visa ajudar a arrefecer. Ou seja, teremos uma ação de dissipação de calor não uniforme que poderá causar danos irreparáveis nos componentes mais sensíveis da consola.

Argumentos simples, mas convincentes para usar a PS5 na horizontal

Do not put your Ps5 upright, here is the result the liquid moves and the freezes are there pic.twitter.com/A4Do3TkcXk

— Consoles System (@68Logic) 4 de janeiro de 2023

A fonte - o website Wololo - apresenta-nos uma explicação simples e convincente. Pela ação da gravidade, o equivalente à massa térmica usado para transferir o calor do núcleo para o sistema de arrefecimento, acumula-se na parte inferior, podendo inclusive aí solidificar e é aqui que reside o perigo!

Nota também que o supracitado website fundamenta a sua peça nas conclusões divulgadas por um entusiasta da PS5 que também tem uma loja de reparações técnicas, de hardware, na França. De igual modo, também a publicação Fossbytes abordou esta temática, com conclusões similares.

Aí, o técnico expõe as razões que estão a fazer chegar vagas de utilizadores às lojas de assistência técnica. A causa, mais uma vez, é a distribuição não homogénea do componente líquido.

Pasta térmica escorre e deixa de transferir o calor gerado pelo coração da PS5

Lol j ai vu passer ça sur Facebook . pic.twitter.com/3nhbjNTEgq

— ᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠᅠ (@Cedsaill2) 4 de janeiro de 2023

O utilizador não se aperceberá de tal facto durante muito tempo. A consola continuará a funcionar. Porém, como qualquer componente sujeito a demasiada tensão e pressão ao longo do tempo, o "coração" da PS5 falhará inevitavelmente pela degradação causa pelo calor.

Perante a situação exposta, e tendo em consideração a popularidade da PlayStation 5 junto da comunidade gamer, o caso está a atrair várias atenções. Ainda assim, os factos apresentados, devo dizê-lo, são providos de nexo causal. Isto é, um composto líquido tende a escorrer, decaindo pela ação da gravidade.

Ainda que esta problemática não afete imediatamente todo e qualquer utilizador da PS5, certo é que com o decurso do tempo, o núcleo da tua consola será submetido a temperaturas cada vez maiores. O pior de tudo? Poderás nunca ver um alerta ou aviso de temperatura elevada até que seja demasiado tarde.

Escolhas de design da Sony terão causado esta falha na PlayStation 5

A escolha continua a residir com o utilizador da PS5, podendo colocar a consola na vertical, ou na horizontal. Porém, parece que a Sony não teve em consideração a natural deposição de um elemento líquido tão importante como o meio de condução do calor gerado pelo processador.

Face a esta conceção, a utilização da consola pode levar ao sobreaquecimento do processador, causando danos irreparáveis na mesma. Até ao momento a Sony não comentou o caso, mas por segurança, eu utilizaria a consola na horizontal.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt