Surpresa: está a caminho mais um smartphone dobrável inesperado

Mónica Marques
Comentar

Quando se pensava que a Motorola estaria fora da corrida de smartphones dobráveis, eis que surgem notícias a dar conta de que a marca está a trabalhar num novo modelo para este segmento.

Esta não será a primeira tentativa da Motorola, mas espera-se que seja mais sedutora e atrativa que os modelos que lhe antecederam.

Motorola está já a desenvolver um Razr dobrável de terceira geração

É inegável a aposta de uma grande parte das marcas de smartphones em modelos dobráveis. Aliás, este tipo de equipamentos pode vir a ser a tendência para o próximo ano, especialmente se a Apple lançar o seu já falado modelo dobrável.

Mas parecia que a Motorola se mantinha alheia a esta tendência. No entanto, surgem agora notícias de que a marca, detida pela Lenovo, está já a trabalhar num modelo dobrável que vem suceder aos anteriores Razr dobráveis, lançados tanto em 2019 como em 2020.

O anúncio do projeto foi feito na rede social chinesa Weibo pelo executivo da Lenovo, Chen Jin, que assegura que a marca está a desenvolver agora o Motorola Razr de terceira geração, possivelmente para ser lançado no próximo ano.

Segundo o anúncio feito pelo responsável da Lenovo, o terminal terá uma interface de utilizador otimizada, um novo design e desempenho melhorado. Estas são informações demasiado generalistas para que se possa se tirar alguma conclusão sobre as especificações que irá integrar.

No entanto, espera-se que a Motorola tenha maiores ambições para este novo dobrável do que teve para o modelo anterior. Isto porque, o modelo Razr de 2020 inclua especificações e funcionalidades, facilmente encontradas em smartphones de gama média.

Este terá sido um dos fatores que terá mais contribuído para o seu pouco sucesso, uma vez que o modelo dobrável da Samsung à época estava já equipado com recursos de topo.

Huawei e OPPO terminam 2021 a lançar novos smartphones dobráveis

Entretanto, tanto a Huawei como a OPPO acabam o ano 2021 a lançar novos smartphones dobráveis. A primeira apresentou o P50 Pocket que vem competir diretamente com o Samsung Galaxy Z Flip 3. Traz consigo um mecanismo completamente renovado de dobradiças, assim como uma bateria robusta de 4000 mAh com suporte para carregamento rápido de 40 watts.

O Huawei P50 Pocket está equipado com o processador Snapdragon 888 da Qualcomm e integra um ecrã de 6,9 polegadas com uma resolução de 2790x1188 pixéis e uma taxa de atualização de 120 Hz. Mas o melhor de tudo é que este ecrã tem interação total com o ecrã exterior de uma polegada.

Por sua vez, o OPPO Find N tem também aos comandos o processador Snapdragon 888 da Qualcomm emparelhado com 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno ou, em alternativa, com 12 GB de RAM e 512 GB de memória interna.

Conta também com uma bateria robusta de 4500 mAh, mas aqui o suporte para carregamento rápido é de apenas 33 watts. Mas o destaque do OPPO Find N vai direito para o ecrã interior enorme de 7,1 polegadas com uma taxa de atualização de 120 Hz. Já no exterior conta com um ecrã bastante razoável de 5,49 polegadas.

Editores 4gnews recomendam:

  • Este é o primeiro e único smartphone dobrável com Snapdragon 8 Gen 1
  • Samsung obrigada a adiar o lançamento deste smartphone de topo
  • Este smartphone vai "roubar" o protagonismo ao dobrável Samsung Galaxy Z Flip 3
Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.