Squid Game avaliado em 900 milhões de dólares

Mónica Marques
Comentar

A atual série de maior sucesso Squid Game foi avaliada em 900 milhões de dólares.

A avaliação é feita pela própria Netflix de acordo com uns documentos internos da plataforma de streaming agora revelados.

Produção de Squid Game custou apenas 21,4 milhões

A agência de notícias Bloomberg está a avançar de que a atual série de maior sucesso da Netflix está avaliada em 900 milhões de dólares. A agência teve acesso a documentos internos da plataforma de streaming que dão conta dos valores referidos.

Os mesmos documentos revelam ainda que a produção da série custou à Netflix aproximadamente 21,4 milhões. Fazendo as contas podemos dizer que o sucesso de Squid Game vai reflectir-se significativamente nas receitas da Netflix.

Segundo os referidos documentos internos, cerca de 132 milhões de pessoas assistiram a, pelo menos, dois minutos da série nos primeiros 23 dias. Só este número de telespectadores bate o recorde anteriormente estabelecido pelo drama britânico Bridgerton que registou 82 milhões de visualizações nos seus primeiros 28 dias.

A Netflix já tinha anunciado que a série contava com 111 milhões de fãs, mas a agência de notícias Bloomberg afirma que esse número está já desatualizado, uma vez que se baseia em dados mais antigos.

A Netflix não quis comentar esta notícia, afirmando que os documentos agora revelados contêm dados confidenciais que devem manter-se sigilosos.

Recorde-se de que esta série tem sido notícia um pouco por todo o mundo, não só pelo sucesso entre o público, como também pela preocupação manifestada pelas autoridades policiais e de saúde.

Neste fim de semana, em Portugal, a Guarda Nacional Republicana divulgou um comunicado em que garante que está atenta à comunidade mais jovem devido a este fenómeno. Tudo porque em vários países registaram-se já ocorrências de alguma violência com crianças e jovens a encenarem os jogos infantis que dão corpo à série.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.