Smartwatches vão ganhar mais vida! OPPO prepara-se para entrar no mercado!

Filipe Alves
Comentar

Os smartwatches são cada vez mais utilizados por pessoas que não são amantes de tecnologia. Este é o exemplo do Apple Watch que em vez de ser publicitado como um gadget foi puxado como um acessório de moda.

A OPPO, uma das maiores empresas da China nos smartphones, prepara-se para entrar no segmento wearable já no próximo ano. Este ano, a marca pretende ainda lançar uns earphones sem fios que encaixarão no pescoço. Algo idêntico ao que a LG tem vindo a fazer.

Smartwatches ganharão mais vida com a OPPO

smartwatch OPPO

Não te deixes enganar pela falta de produtos OPPO no nosso mercado. A empresa vai entrar na Europa de forma forma forte e já referiu que tenciona derrubar grandes marcas como a Huawei e Xiaomi.

Lembro ainda que a OPPO é a empresa "mãe" da OnePlus. Ou seja, se a OPPO realmente lançar um smartwatch é questão de tempo até que a OnePlus siga o mesmo caminho.

WearOS ou sistema privado?

O que não foi ainda esclarecido é que tipo de sistema é que a OPPO usará nos seus smartwatches. Visto que na China não existe Google Play Store e o WearOS depende seriamente da loja de aplicações para ficar melhor ainda, acredita-se que o primeiro gadget de pulso da marca tenha um sistema privado. Algo idêntico ao que a Huawei tem vindo a fazer com os seus relógios inteligentes.

Contudo, se a marca quer fazer diferença no mercado europeu sabe que o WearOS é a melhor opção. Assim sendo, acredita-se ainda que possa haver uma luz ao fundo do túnel face um relógio com o sistema da Google.

OnePlus é o ponto mais importante

A OnePlus é sem dúvida o ponto mais importante desta equação. Visto que a marca "Never Settle" já se "inspirou" várias vezes nos produtos da OPPO para os seus gadgets (exemplo disso é o OnePlus 5, 5, 6 e 6T), escusado será dizer que estamos ansiosos que a OnePlus nos traga a sua versão de smartwatch da OPPO para o nosso mercado.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.