Smartphones Xiaomi Redmi Note 11 podem chegar com esta falha em 2022

Rui Bacelar
Comentar

O mesmo sensor de proximidade que causou frustrações a vários utilizadores Xiaomi está presente na nova gama de smartphones custo / benefício. Mais ainda, este componente marca presença nos modelos da gama Xiaomi Redmi Note 11 anunciados para a Europa e que, como tal, chegarão também às lojas de Portugal.

Em causa está o pequeno sensor de proximidade que permite, por exemplo, desligar o ecrã quando encostamos o telefone ao rosto durante uma chamada telefónica. É um componente de extrema utilidade em qualquer smartphone, mas em vários modelos da Xiaomi este componente acabaria por manchar a experiência de utilização.

Há uma possibilidade desagradável para a nova gama Redmi Note 11

Xiaomi Redmi Note 11
A gama Xiaomi Redmi Note 11 integra os sensores de proximidade da Elliptic Labs.

Ainda que a Xiaomi tenha anunciado no ano passado a sua intenção em resolver o problema, certo é que os relatos de utilizadores zangados com os smartphones são frequentes. Assim, subsiste a possibilidade de a nova gama de smartphones Xiaomi também padecer do funcionamento aleatório destes sensores de proximidade.

O assunto foi diretamente abordado pela empresa responsável pelos sensores de proximidade usados na gama Xiaomi Redmi Note 11, a norueguesa Elliptic Labs. Com efeito, em publicação recente, a empresa nórdica dá a conhecer o sensor de proximidade virtual com IA integrada para auxiliar no seu funcionamento.

Note-se que em causa está um sensor digital ao invés de um sensor de proximidade físico. Portanto, um componente de software e não de hardware que, todavia, no passado recente provou ser pouco dependente e suscetível a bugs. Infelizmente para o utilizador, o "fantasma" deste cenário em que o ecrã se ligava e desligava aleatoriamente ainda estará presente.

Sensor de proximidade virtual com IA integra a gama Xiaomi Redmi Note 11

@EllipticLabs launches the AI Virtual Proximity Sensor on all 4 of @Xiaomi's Redmi Note 11 phones for the global market!https://t.co/xhXjFjJeHb#ellipticlabs #xiaomi #redmi #AIVirtualProximitySensor #INNERBEAUTY #Note11 #Note11S #Note11Pro #Note11Pro5G #ELABS.OL pic.twitter.com/Lqxzue73tK

— Elliptic Labs (@EllipticLabs) 27 de janeiro de 2022

Estes mesmos sensores foram a fonte dos problemas sentidos em vários dos smartphones recentes da Xiaomi, sobretudo no segmento de gama média. Na altura, técnicos e peritos apontariam a culpa a estes componentes da Elliptic Labs que estariam a provocar o comportamento errático do sensor de proximidade.

Congrats to @EllitpicLabs partner @Xiaomi, announcing the AI Virtual Proximity Sensor using Redmi Note Series has sold over 240 million units globally! https://t.co/dHvW6Jjy2C#ellipticlabs #xiaomi #AIVirtualProximitySensor #RedmiNote #smartphone #AIVirtualSmartSensorPlatform pic.twitter.com/ojiV3NefFW

— Elliptic Labs (@EllipticLabs) 8 de novembro de 2021

Ainda em 2021 a Xiaomi tornaria pública a sua decisão de deixar de trabalhar com a Elliptic Labs. Ou seja, deixaria de implementar os componentes e soluções desta empresa, fonte da frustração então sentida. Para o seu lugar a Xiaomi escolheria a tecnológica chinesa Minghao Sensing.

@EllipticLabs signs a software license agreement with a new large Asia-based smartphone customer for 7 upcoming smartphone models.https://t.co/rResTZACNE#EllipticLabs #AIVirtualSmartSensorPlatform #AIVirtualProximitySensor #smartphone #AI #Norway #ELABS.OL pic.twitter.com/n4ZBocsJWb

— Elliptic Labs (@EllipticLabs) 13 de dezembro de 2021

Todavia, perante a atual crise de escassez de componentes que se continua a fazer sentir em 2022, a Xiaomi voltaria a usar os componentes da Elliptic Labs. Assim, é possível que tal como em modelos anteriores, também os novos Redmi Note 11 apresentem a mesma problemática.

A nova gama de smartphones Xiaomi Redmi Note 11 chega às lojas em Portugal durante o primeiro trimestre de 2022, tal como demos a conhecer na 4gnews.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com