Smartphones mais populares da Samsung sofrem com problema misterioso

Rui Bacelar
Comentar

A atual líder do mercado de smartphones destaca-se sobretudo pelos seus produtos de entrada e gama média agrupados em linhas populares como os Samsung Galaxy e Samsung Galaxy M. Vários destes dispositivos enfrentam agora um problema peculiar.

Em causa está o bloqueio inesperado (freeze) e reinicio (restart) de vários smartphones integrantes das gama Samsung Galaxy A e Galaxy M. Esta ocorrência foi noticiada neste início de semana após o acumular de queixas dos utilizadores nos últimos dias.

Há vários smartphones Samsung a apresentar erros diversos

Samsung Galaxy A
A gama Galaxy A contém alguns dos smartphones mais acessíveis da Samsung.

O congelamento e bloqueio inesperado dos smartphones é sempre seguido de um reiniciar dos dispositivos móveis. A causa para tal, de acordo com a publicação SamMobile, não é conhecida atualmente, com mais queixas a somarem-se no fórum da Samsung.

Em particular este erro está a afetar os smartphones Samsung Galaxy M30s, Galaxy M31, Galaxy M31s, Galaxy A50, Galaxy A50s bem como o Galaxy A51. Importa ainda frisar que a principal área de incidência aparenta ser a Índia e sudeste asiático.

Há, contudo, outros modelos destas gamas mais acessíveis da Samsung a registar erros similares, indicados nos fóruns oficiais da marca e páginas de suporte. Por outro lado, a ocorrência parece estar limitada às regiões e mercados asiáticos, especialmente o indiano. Importa notar que, apesar de serem a exceção, existem relatos deste mesmo erro noutros mercados globais.

São vários dos seus smartphones mais populares, sem razão aparente

A patologia a afetar estes smartphones Android é idêntica tendo em consideração os relatos. O telefone fica lento ao ponto de bloquear completamente (freeze). Em seguida, passados alguns segundos, o telefone desliga-se e volta a arrancar (reiniciar).

O dispositivo afetado pode, depois, iniciar normalmente ou ficar retido durante vários segundos a minutos no logótipo da Samsung consoante os casos. Esta última instância aparenta ser a mais comum, ficando os telefones "bloqueados" no logo da marca.

Para estes casos os utilizadores estão a remeter os dispositivos afetados para os canais de reparação e assistência oficial da fabricante sul-coreana. Note-se, contudo, que de momento não há justificativa atribuída à causa deste problema.

Em causa têm o SoC Exynos 9610 e Exynos 9611

Some Galaxy A and M series phones have a mysterious auto restart issue: https://t.co/x7OcSphcU9

— SamMobile (@SamMobiles) 19 de setembro de 2021

Os primeiros relatos dos utilizadores que levaram os smartphones afetados aos centros de assistência referem que a fabricante atribuiu o problema à motherboard, a placa mãe. O custo apontado para a reparação tem sido geralmente orçado nos 100 dólares.

Em pouco tempo os utilizadores começaram a atribuir o problema aos processadores usados pela marca nestas gamas Galaxy A e Galaxy. Mais concretamente, aos chips Exynos 9610 e Exynos 9611 frequentemente usado nestes smartphones mais acessíveis.

Por fim, a Samsung não identificou até ao momento a causa do problema, mas acreditamos que tal não tarde. A problemática afeta sobretudo o segundo maior mercado mundial de smartphones, a Índia, um bastião que a Samsung não quer descurar.

Até ao momento não se registam casos similares em Portugal, ainda que a problemática não esteja necessariamente restrita à nação indiana.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.