MIUI 12.5 chega a estes smartphones Xiaomi Mi 11 com o Android 12 da Google

Rui Bacelar
Comentar

A Google anunciou o sistema operativo Android 12 em maio último com várias melhorias de desempenho, privacidade e, sobretudo, grandes mudanças visuais com a introdução do "Material You". Agora, a Xiaomi começa a testar esta versão nos seus smartphones.

Mais concretamente, fá-lo com a mais recente versão de testes da sua interface MIUI 12.5 21.9.17, uma versão interna de testes. É a mais recente atualização a estar disponível para os smartphones da gama Xiaomi Mi 11, ainda que com distribuição limitada.

A mais recente atualização para a gama de smartphones Xiaomi Mi 11

Xiaomi Mi 11 Android 12 MIUI 12.5

A atualização começa agora a ser distribuída para uma mão-cheia de smartphones Xiaomi. Podemos indicar, mais concretamente, os modelos Xiaomi Mi 11, Mi 11 Pro, e Mi 11 Ultra que recebem a versão MIUI 12.5 21.9.17 configurando uma beta interna.

Isto significa que a fase de testes não está disponível para qualquer interessado, mas apenas para os utilizadores inscritos no programa de testes da Xiaomi. De igual modo, importa notar que a distribuição das novidades é feita de forma gradual e faseada.

Mais ainda, podemos indicar que o tamanho do pacote de software - tamanho da atualização - é de 3,9 GB, sendo esta uma atualização geral de sistema. Desse modo, aconselhamos a que façam o seu download através de uma ligação Wi-Fi à Internet.

É o primeiro teste com Android 12 através da MIUI 12.5

Esta não é a atualização para o público geral. É, sim, uma primeira janela de oportunidade para os interessados testarem as novidades do Android 12 já adaptadas pela MIUI 12.5. Importa, no entanto, notar que só os utilizadores inscritos no programa beta da Xiaomi poderão fazer já o download do novo pacote de novidades.

Segundo a lista de mudanças oficial, o changelog, esta é uma das maiores atualizações dos últimos anos. Sendo também uma versão beta, qualquer interessado deverá fazer em primeiro lugar uma cópia de segurança (backup) dos seus dados pessoais.

Mais ainda, o update para Android 12 demora vários minutos a ser instalado, bem como a ser inicializado nos smartphones Xiaomi supracitados. Inicialmente também são referidos alguns problemas de consumo de energia e instabilidade da build.

Por fim, as aplicações de terceiros ainda não suportam o Android 12 da Google. Isto significa que, para além das apps da Xiaomi, poucas mais poderás usar num smartphone que já tenha instalado esta versão do sistema operativo.

Privacidade, desempenho e design estão entre as novidades do Android 12

De acordo com a Google, todo o sistema Android 12 entregará um melhor desempenho nos smartphones em que esteja presente. A tecnológica afirma que este OS reduzirá a exigência do CPU e tempo exigido aos recursos de sistema em até 22%. Ademais, o uso dos núcleos de maiores dimensões de um processador serão menos usados, na ordem dos 15% segundo a Google.

Em síntese, temos a promessa de um desempenho mais fluído, bem como uma menor utilização dos recursos do sistema. A isto soma-se uma grande transformação visual na forma do Material You, resumido no vídeo acima.

Temos, por fim, várias melhorias de segurança e privacidade, bem como novas funções de produtividade para os smartphones que usam o Android 12. Agora, contudo, resta-nos esperar pela conclusão dos testes (beta) e pelo início da distribuição das versões globais e estáveis.

A Xiaomi dá agora um importante passo no sentido de testar e preparar a próxima grande atualização de sistema a pautar não só as distribuições da MIUI 12.5, mas também a MIUI 13.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.