South Park: Assim se sensibiliza a sociedade para questões de raça

Marco Duarte
South Park questões raciais
South Park

O South Park: The Fractured But Whole está a chegar e, a para disso, algumas controvérsias também. Não fosse isto um jogo de uma das séries mais criticas a nível social de sempre.

O golpe genial dos produtores foi na escolha do grau de dificuldade. Em tom claramente irónico, quando os jogadores colocam os níveis de dificuldade superiores, as personagens criadas vão ficando com o tom de pele mais escuro.

Vê ainda: Por onde passa o futuro entre Pokémon e Nintendo Switch?

Ou seja, com tom de pele escuro, o nível de dificuldade superior. Com tom de pele claro nível de dificuldade será menor. Aqui podemos ver uma clara alusão às questões raciais que tão debatido tem sido nos últimos anos, utilizando o humor como forma de chamar a atenção do público para as desigualdades que encontramos na sociedade por questões raciais

Apesar disso, os produtores avisam que esta mudança é apenas estética. Isto é, esta resolução não vai afetar em nada a capacidade de combate, ambos vão ser exatamente iguais. Isto em combate, mas em outros aspetos do desenrolar da história, a cor de pele irá mudar alguns contornos do gameplay.

Para além disto, também vai ter a opção de escolher o sexo (masculino/feminino), algo que vemos na maioria dos jogos. Porém, não sendo este um jogo qualquer, foi adicionada também uma terceira opção de sexo: transgénero.

O South Park: The Fractured But Whole sairá dia 17 de outubro e espera-se muitas controvérsias

Todas estas opções vão ter um desenrolar de história distinto, mas, como disse em cima, em todas elas a capacidade combate será a mesma. Agora é perceber como os produtores irão direcionar estes pontos para a história.

South Park: The Fractured But Whole vai ser lançado no mercado dia 17 de outubro para PS4 e Xbox One. Por aqui, espera-se um jogo genial, tanto divertimento como, de formação cívica. Apesar de estas questões serem sensíveis os produtores levaram isto para a frente, o que é de louvar nos dias de hoje, onde não se torna fácil abordar este tipo de questões sensíveis. Isto é South Park!

Outros assuntos relevantes:

L.A. Noire sairá nas consolas HTC Vive, Xbox One, PS4 e Switch

Já há data para o novo DLC de Call Of Duty: Infinitive Warface

Sony prepara-se para lançar novos DualShock para PS4