Samsung vai remover este acessório dos seus smartphones baratos

Carlos Oliveira
Comentar

Atualmente, que compra um topo de gama da Samsung e de outras marcas de relevo sabe que não encontrará um adaptador de parede na caixa. A Apple foi a primeira a tomar esta medida e não tardou até que as suas rivais fizessem o mesmo.

Porém, quando falamos em equipamentos de gamas inferiores as coisas são um pouco diferentes. Neste segmento ainda se encontram vários produtos que incluem esse acessório na caixa, mas mesmo aqui as coisas estão prestes a mudar.

Samsung vai remover o carregador da caixa dos seus smartphones baratos

Várias notícias dão conta de que os retalhistas europeus confirmaram que a Samsung vai deixar de oferecer carregadores com os seus modelos mais acessíveis. Uma decisão que deverá englobar os Galaxy A13 e Galaxy A23 apresentados esta semana.

Samsung Galaxy

É importante reforçar que a Samsung ainda não confirmou esta medida. No entanto, é bastante provável que esta triste decisão venha a confirmar-se, portanto, temos de nos mentalizar que este promete ser o futuro.

A remoção dos carregadores da caixa foi inicialmente justificada com preocupações ambientais. As empresas de tecnologia alegaram que os utilizadores já possuem carregadores em casa e que seria um desperdício enviar mais um com um smartphone novo.

Ademais, esta medida permite à Samsung e outras marcas enviar os seus equipamentos em caixas menores. Além de conseguirem enviar mais unidades por carregamento, economizam no cartão utilizado na construção dessas caixas.

Caso a Samsung confirme a remoção do adaptador de parede também nos modelos mais baratos, talvez seja tempo de dar-mos um adeus definitivo a estes acessórios. O objetivo poderá muito bem ser remover o carregador em todo o seu portefólio.

Para quem não tiver um carregador em casa compatível com o seu novo smartphone, a Samsung vende de bom agrado um em separado. Contudo, isso implica mais 20 € ou 50 € em cima do preço do teu smartphone novo.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.