Samsung prepara um smartphone com ecrãs separados

Vitor Urbano
Samsung smartphone dois ecrãs separados
A Samsung poderá já estar a trabalhar no desenvolvimento da próxima geração de smartphones

Já está mais que confirmado que 2019 será o ano em que iremos assistir à chegada dos primeiros smartphones dobráveis, com várias fabricantes a desenvolver este tipo de dispositivo. Agora, a ficámos a saber que a Samsung poderá ter um misterioso smartphone para nos surpreender.

Estas novidades chegam através de uma patente registada na World Intellectual Property Organisation (WIPO), e mostra-nos um smartphone com dois ecrãs independentes que podem ser separados.

Vê ainda: Samsung Galaxy S10: Os pormenores do seu design neste vídeo

Ainda que possa parecer bastante estranho, este é um design que poderá revelar-se extremamente interessante. Assim como seria de esperar, ambas as metades deste terminal estão equipadas exatamente com o mesmo hardware. Incluindo processador, memória RAM e sistema operativo.

Um smartphone Samsung que se divide em dois?

A união entre as duas metades deste smartphone é feita através de um sistema de ímanes. Certamente irá apresentar-se mais fiável, robusto e menos suscetível a problemas do que um sistema mecânico.

Pelo que se pode ver nas imagens da patente, este tipo de design poderá oferecer uma versatilidade inacreditável no que respeita às suas potenciais utilizações. Podes utilizar os dois ecrãs lado a lado como um todo, podes virar a traseira de um deles para ti e utilizar a sua câmara para tirar selfies ou fazer vídeo-chamadas.

Mais ainda, demonstram a possibilidade de utilizar um dos ecrãs como se fosse um 'ecrã slide', em que o que fica no plano de fundo irá apenas apresentar o teclado. Por fim, poderás utilizar como um smartphone tradicional ou como um smartphone que tem um ecrã à frente e outro atrás, à semelhança do Vivo Nex Dual Display.

samsung smartphone patente

Para quando um smartphone com dois ecrãs separados?

Assim como acontece tantas vezes, este conceito está apenas representado numa patente. Por isso, não há sequer a garantia de que irá alguma vez ser aplicado num dispositivo destinado ao público.

Supondo que a Samsung possa ir para a frente com o seu desenvolvimento, assim como referido pelo site Tom's Guide, deverá ainda levar vários anos até que este smartphone possa ver a luz do dia.

Especialmente porque apesar deste conceito se apresentar extremamente interessante, passá-lo para um terminal físico será um grande desafio. Para além disso, seria ainda necessário realizar enormes ajustes ao sistema operativo para que funcionasse da forma desejada.

No entanto, considerando que 2019 deverá ser o ano dos smartphones dobráveis. É interessante vermos que a Samsung já está a pensar na próxima etapa da evolução dos smartphones.

Editores 4gnews recomendam:

Smart TV da Samsung ainda mais inteligentes com a Google Assistant

Samsung Galaxy Note 7 influencia o desenvolvimento do Galaxy S10

Especificações do Samsung Galaxy M30, o concorrente ao Huawei P20 Lite

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.