Samsung patenteia nova forma de interagir com os nossos dispositivos

Carlos Oliveira
Samsung
Samsung poderá reinventar a navegação por gestos

A Samsung é uma das empresas de tecnologia que mais tecnologias implementa nos seus equipamentos. Duas das grandes bandeiras da empresa sul-coreana são o leitor de íris, a S-Pen e ainda os smartphones com ecrãs com laterais curvas.

No entanto, existem dois pontos que estão cada vez mais em voga no mercado e aos quais a empresa tem resistido. Estou a falar da notch e ainda da navegação por gestos que deverá ser mais omnipresente depois do lançamento do Android Pie.

Vê ainda: Samsung Galaxy A6s será afinal a nomenclatura oficial do Galaxy P30

Mas é precisamente tendo por base este último ponto que a Samsung se poderá voltar destacar da sua concorrência direta. Tendo por base a navegação por gestos, a empresa sul-coreana acaba de patentear uma nova forma de interação com dispositivos eletrónicos.

Atualmente, a navegação por gestos que se conhece exige, ainda assim, um contacto direto com o ecrã do smartphone. Embora não necessites de clicar num botão específico para uma determinada tarefa, tens de ter contacto direto com o teu equipamento.

Samsung patenteia nova navegação por gestos sem contacto com o ecrã

Na verdade, a empresa sul-coreana quer eliminar até esta limitação que nos dias que correm nos parece óbvia. A Samsung acaba de patentear uma navegação que nos inibe de utilizar o touchscreen do nosso smartphone.

Com efeito, com um simples gesto nas proximidades do ecrã poderás despoletar uma função específica. Por exemplo, para navegares por uma página web bastará moveres a tua mão para cima ou para baixo. Isto sempre sem qualquer contacto direto com o ecrã do smartphone.

A imagem abaixo faz parte da documentação submetida pela Samsung. Assim podes ver alguns dos gestos que a tecnológica submeteu para aprovação por parte da entidade competente.

Ainda de acordo com a mesma patente, pode ver-se que este tipo de tecnologia poderá ser utilizada noutro tipo de equipamentos. A documentação em causa mostra-nos especificamente a mesma ideia em uso num computador.

Todavia, este tipo de tecnologia pode não soar totalmente a novidade para quem segue atentamente este mundo. Também a Apple estará a trabalhar num sistema idêntico, o que poderá ser mais um ponto de rivalidade entre estas duas gigantes da tecnologia.

Por fim, importa frisar que a submissão de uma patente não exige um resultado prático. Na realidade, temos apenas a salvaguarda de uma ideia, ficando a sua aplicação prática sempre ao critério e desejo da empresa em causa.

Editores 4gnews recomendam:

Xiaomi Mi Mix 3: Imagem mostra o quão finas serão as margens do ecrã

Lenovo trará o verdadeiro concorrente ao Huawei Mate 20 Pro

Sondagem: Utilizas algum ‘Launcher’ (Tema) no teu smartphone Android?

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.