Samsung já corrigiu problema com leitor biométrico dos Galaxy S10 e Note 10

Carlos Oliveira
Comentar

Na semana passada foi descoberto um grave problema de segurança no leitor de impressões digitais dos Samsung Galaxy S10 e Note 10. A sul-coreana prometeu uma correção para o problema para esta semana e não falhou com a sua palavra.

Todos os utilizadores de um Samsung Galaxy S10 ou Note 10 deverão receber uma nova atualização, a partir de hoje. Esta tem como objetivo corrigir as fragilidades detetadas no seu leitor de impressões digitais ultrassónico.

Através da aplicação Samsung Members, a tecnológica volta a pedir desculpa por este problema. Adicionalmente, a empresa reitera o seu compromisso com a segurança dos seus utilizadores e promete continuar a fortalecer o seu leitor biométrico através de atualizações de software.

Galaxy S10

Galaxy S10 podia ser ludibriado com uma simples película de silicone

Este problema saltou para a ribalta depois de uma mulher ter notado que o marido conseguia desbloquear o seu Galaxy S10 com a sua impressão digital. O problema é que este nunca havia configurado nenhum dos seus dedos para esse efeito.

Veio-se então a descobrir que o problema tinha origem na película de silicone que essa mulher comprou para o seu Samsung Galaxy S10. Tal como a Samsung frisou, esse material fazia com que o leitor biométrico do smartphone reconhecesse padrões tridimensionais como sendo impressões digitais.

Posto isso, a sul-coreana aconselhou todos os detentores de um Galaxy S10 e Note 10 a não usarem essas proteções para o ecrã. Ademais, deveriam reconfigurar todas as impressões digitais guardadas até que uma correção fosse lançada.

Essa correção chegou hoje e não deves perder tempo a instalá-la. Se já recebeste a notificação certamente já a instalaste, mas se tal ainda não aconteceu podes sempre procurar manualmente por ela em Definições - Atualização de software - Transferir e instalar.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.