Android Go Android Oreo Go Edition
Esta iniciativa da Google visa otimizar até mesmo os smartphones mais baratos.

Foi durante a conferência Google I/O 2017 que ficamos a conhecer programas como o Android One e o Android Go, duas iniciativas cujo potencial começa agora a ser visto. A primeira visa aliviar o fardo das atualizações às fabricantes. A segunda visa tornar os smartphones baratos, utilizáveis. Agora, a Samsung e a Huawei unem-se ao programa.

Em primeiro lugar, o smartphone da Huawei com Android Go já aqui foi noticiado na 4gnews, trata-se do Huawei Y3 (2018). Mais recentemente foi oficializado pela empresa chinesa, tal como aqui demos a conhecer na 4gnews.

Vê ainda: Apple iPhone SE 2 é revelado mais uma vez por fabricantes de capas

Entretanto surgiram também os primeiros indícios de que a Samsung apostaria neste programa Android Go. Agora, segundo a imprensa sul-coreana, citada pela imprensa holandesa vem dar mais credibilidade a esta hipótese.

Chamar-se-á Samsung Galaxy J2 Core, integrando o programa Android Go (Android Oreo “Go Edition”), tal como o Huawei Y3 (2018). Todo este projecto visa ajudar os consumidores mais desfavorecidos a receber a informação que precisam.

Samsung e Huawei juntam-se ao Android Go da Google

Para tal, precisamos de smartphones baratos que rondem a gama dos 100 dólares ou 100 euros. Algo que até ao momento significa uma fraca experiência de utilização, isto em grande parte das situações. Para mudar este paradigma, a tecnológica norte-americana construiu um sistema operativo capaz de correr em dispositivos com 512mb de memória RAM. Mais ainda, com apps (aplicações) otimizadas para dispositivos móveis. Em terceiro lugar, todo este sistema operativo é otimizado para consumir pouco tráfego de dados.

Samsung Galaxy J2 Core Android Go
Esta será a nova aposta da Samsung com o programa Android Go da Google

Este é o sistema operativo que chegará ao próximo bilião de utilizadores. Extremamente modestos. Extremamente económicos e com uma experiência de utilização com Android puro. Android otimizado para 1GB de memória RAM e até menos e com 8GB de memória interna.

Apesar de neste momento a fabricante Samsung ainda não ter confirmado a existência deste dispositivo, já existem provas circunstanciais que nos permitem aferir a sua existência. Já por outro lado, a fabricante chinesa, Huawei, já o fez.

Note-se ainda que uma das mais valias deste programa Android Go são as apps de sistema, perfeitamente otimizadas. Desde o Google Maps Go, Gmail Go, YouTube Go ou até mesmo o gestor de ficheiros, o Files Go.

Android Go Huawei Samsung
Todo o programa Android Go visa a otimização do consumo de dados.

Samsung Galaxy J2 Core, em breve com Android Go

O dispositivo com o número de modelo SM-J260G foi avistado na plataforma de testes Geekbench. Aí revelaria a presença de 1GB de memória RAM, baseando-se no Android Oreo 8.1, a mais recente versão do sistema operativo.

Mais ainda, até mesmo o processador deste smartphone Samsung estará otimizado para o programa Android Go. Teremos uma variante do Exynos 7570 no Samsung Galaxy J2 Core apelidada de “Universal7570_Go.”

Huawei Y3 (2018), já com o Android Go

Tal como aqui avançamos na 4gnews, com base na listagem no site oficial podemos ver ainda que o Huawei Y3 (2018) chegará em Dourado, Cinza e Branco. Conta ainda com um ecrã de 5 polegadas com uma resolução de 854 x 480 pixéis, portanto qHD com o formato ou padrão 16:9.

No interior do Huawei Y3 (2018) temos o processador MediaTek MT6737 com 1GB de memória RAM. Trata-se de um SoC a 64-bits, quad-core (4 núcleos) com frequências máximas de processamento a 1.3Ghz. Conta também com 8GB de memória interna expansível através de um cartão de memória microSD.

Plataforma Android Go é “a alma” deste Huawei

Temos também neste Huawei Y3 (2018) uma bateria de 2280mAh de capacidade que promete mais de um dia de autonomia com utilização equilibrada. A marca incluiu também um sistema de gestão de bateria e de armazenamento interno para auxiliar na gestão de recursos.

Samsung Google Huawei Y3 2018 Android Go capa
Este será o primeiro smartphone da fabricante chinesa a utilizar esta plataforma da Google.

A pouco e pouco vemos cada vez mais fabricantes a apostar nesta nova plataforma da Google. Depois de a Nokia ter apresentado o seu Nokia 1 durante o Mobile World Congress (MWC) 2018, vemos assim cada vez mais fabricantes a olhar para este “Go”.

Google tem uma plataforma para smartphones baratos

Em última análise, esperamos que a pouco e pouco também os smartphones de gama baixa, (low-cost), possam ser uma opção viável. Sobretudo para quem procura o seu primeiro smartphone. Ou então para quem tem um orçamento muito limitado.

Até agora sabíamos que uma aposta neste tipo de equipamentos seria uma dor de cabeça em desenvolvimento. Agora, com este novo programa da Google, o paradigma começa a mudar.

Custando 100 ou menos euros, os dispositivos lançados ao abrigo deste programa serão extremamente modestos e ao mesmo tempo incrivelmente promissores. Ainda assim, agora temos que os dar a conhecer aos consumidores.

Pode até parecer contra-intuitivo (e na verdade é) mas já podemos comprar um smartphone por cerca de 100€ e obter uma utilização minimamente agradável. De momento temos apenas o Nokia 1 no mercado.

Em breve, teremos também estes dois novos dispositivos da Samsung e Huawei, a maior e a terceira maior fabricante mundial de smartphones.

Assuntos relevantes na 4gnews:

OnePlus 6. Capas do smartphone Android confirmam ainda mais o seu design

Fox. Depois de Lucifer, Gotham poderá ter o mesmo destino

LG Q7 passa pela Geekbench com um processador Helio P10

Fonte 1, Fonte 2| via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).