Samsung Galaxy S8 e Note 8 sem suporte para o Project Treble no Oreo

Rui Bacelar
Android Oreo Samsung Galaxy Note 8 Project TrebleSamsung Galaxy S9 preço Android Oreo Beta Samsung Galaxy S8 Estudo Tecnologia, Smartphone
O Project Treble promete agilizar as atualizações de software. Infelizmente, o Note 8 e S8 não o suportarão.

As atualizações do sistema operativo da Google para dispositivos móveis nunca foram o ex-libris do Android. A Google tem perfeita noção disso e, sem obrigar as marcas ou impor regras tem desenvolvido etapas e possíveis soluções para mitigar este problema endémico. Como é que se justifica que em dezembro o Android Oreo tenha uma adopção de 0,5%? Se esta versão foi lançada em agosto de 2017? Agora, temos notícias menos boas para os utilizadores dos Samsung Galaxy Note 8 e Samsung Galaxy S8 e S8+, o Project Treble não fará parte do seu cardápio.

As novidades foram avançadas pela publicação tech.blorge e acabam por não causar grande estranheza. Também a OnePlus reiterou a não adopção do Project Treble, mesmo quanto atualizar os seus dispositivos para o Android Oreo. Ora, mas afinal de contas o que é que traz de novo ou de tão útil o Project Treble? Caso queiram ver todos os pormenores técnicos podem ler este nosso artigo. Em seguida, um pequeno resumo.

Vê ainda: 63 aplicações gratuitas na Play Store para o teu Android

Na prática este Project Treble tenta, com o Android Oreo 8.0, tornar as atualizações de software um pouco mais rápidas. Para tal seja possível ele vai tentar simplificar todo o processo de update para as marcas e produtoras de smartphones.

Project Treble não fará parte do cardápio dos Samsung Galaxy S8 e Note 8, nem mesmo quando chegar o Android Oreo

Assim, caso o sistema de updates compartimentados / modulares vinha auxiliar as marcas a disponibilizar os updates de forma mais rápida, porque é que a Samsung já confirmou que não o utilizaria?

Nem mesmo no seu novo flagship Samsung Galaxy Note 8? Ou até mesmo nos seus Samsung Galaxy S8, nada de Project Treble. Um aparente contra-senso que acaba por ter uma explicação perfeitamente racional. Em seguida vamos tentar explicar as razões que terão motivado a tecnológica sul-coreana a seguir este rumo.

Project Treble Android Huawei Google
Antes e depois do Project Treble

De uma forma muito resumida, através deste Project Treble, os dispositivos terão um módulo base. Este vai lida com o hardware, uma versão perto da raíz. Depois, teremos a estrutura do Android. É aí que entrarão as atualizações via OTA. Ou melhor, entrariam nos dispositivos que suportassem este Project Treble.

Esta podia ser a solução final da Google para eliminar, ou tentar reduzir a fragmentação do Android. Separando a atualização do Android Oreo em vários pacotes, vários módulos, seria possível atualizar, gradualmente o smartphone. Contudo, os Samsung Galaxy S8 e Galaxy Note 8 estarão de fora.

Neste momento existem poucos smartphones que suportam esta função. Entre eles temos os Huawei Mate 10 e Huawei Mate 10 Pro, tal como aqui demos a conhecer. Nem mesmo com a chegada do Oreo.

Esta conclusão foi obtida após uma aplicação chamada Termux ter sido corrida em ambos os smartphones com as respectivas versões Beta do Android Oreo. O resultado foi negativo. Esta app não detetou a compatibilidade com o Project Treble em nenhum dos dispositivos da marca. Em suma, a Samsung Experience UI não se irá separar o núcleo do sistema Android.

Assim que a marca disponibilizar o Oreo na sua versão final também iremos averiguar esta questão.

Assuntos relevantes na 4gnews:

OnePlus 5 também vai receber o Face Unlock do OnePlus 5T, mas porquê?

Samsung Galaxy S9 chegará com um novo carregador sem fios

MediaTek poderá fornecer modems LTE para a Apple em 2018

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.