Samsung Galaxy S22 Ultra vs iPhone 13 Pro Max: descobre qual é o mais rápido

Carlos Oliveira
Comentar

Com os novos topos de gama da Samsung no mercado, é chegado o momento das habituais comparações com os seus rivais iPhone. Desta feita, o propósito é perceber até que ponto o Samsung Galaxy S22 Ultra é, ou não, mais rápido que o iPhone 13 Pro Max.

Este comparativo foi realizado, uma vez mais, pelo canal PhoneBuff com ambos os smartphones a realizarem as mesmas tarefas. Como tem sido hábito, é o smartphone da Apple quem sai vencedor, mas com nota muito positiva para o Galaxy S22 Ultra.

iPhone 13 Pro Max leva a melhor sobre o Samsung Galaxy S22 Ultra

A discrepância que estamos habituados a ver neste tipo de comparações não se verifica desta vez. O Samsung Galaxy S22 Ultra perde para o seu eterno rival por uns escassos 3 segundos.

Transportando este resultado para um uso quotidiano, podemos afirmar que os dois smartphones serão igualmente velozes. O utilizador não sentirá grandes diferenças de desempenho entre o Galaxy S22 Ultra e o iPhone 13 Pro Max.

O Samsung Galaxy S22 Ultra foi mais veloz que o seu rival em grande parte da primeira fase deste teste. Só quando chegamos à etapa gaming deste desafio é que o iPhone 13 Pro Max conseguiu saltar para a liderança.

Podemos concluir que a componente gráfica do processador A15 Bionic está ligeriamente melhor que a do seu rival Snapdragon 8 Gen 1. Ainda assim, ambos os processadores oferecem um excelente desempenho nas suas várias valências.

Este teste revela que os novos topos de gama da Samsung são uma real ameaça para o desempenho dos iPhone 13. É verdade que o smartphone da Apple saiu vencedor, mas a margem é bastante reduzida.

Em suma, se é o desempenho destes equipamentos que te deixa indeciso sobre qual comprar, nada temas. Tanto o Galaxy S22 Ultrra com o iPhone 13 Pro Max dar-te-ão um desempenho irrepreensível e sem atrasos no teu quotidiano.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.