Samsung Galaxy Note Edge vai demorar a sair para venda... Se sair...

Filipe Alves

A Samsung apresentou o Samsung Note Edge juntamente com o Note 4 na IFA em Berlim, depois de termos a possibilidade de termos feito o hands-on no terminal, foi engraçado ter visto a Samsung evoluir na minha opinião da forma correta em direção ao futuro.

A verdade é que eles não sabem se esse foi o passo mais correcto. A Samsung que ontem veio a informar que vai antecipar o lançamento do Note 4 devido à enorme procura do seu maior competidor (iPhone 6Plus), hoje confirma-se que não vamos ver o Note Edge tão frequentemente quão o Note 4. O presidente D. J Lee disse mesmo que este Edge era um "limited edition concept", "technology-intensive", e que teria diferentes datas de lançamento e sairiam para o mercado apenas 1/10 dos Note 4.

Na minha opinião, isto é apenas mais uma jogada da Samsung para não perder frente a Apple, tirando budgets de publicidade ao Edge e aumentando a do Note 4. E se um produto não está à vista não vende, o Note Edge simplesmente nasceu na altura errada, porque a Samsung nunca tiraria o lugar de ouro do Note 4 para dar ao Edge.

O preço deste terminal também não parece ser o mais agradável aos olhos e fala-se que possa rondar os 1000 Dollars ( 780€).

A Samsung lançou um terminal com ecrã curvo para se destacar no mercado, mas o iPhone 6 plus ultimamente também anda a ficar curvo! ( vê o video) ;)

Para ser sincero preferi o Note Edge ao Note 4, e na apresentação dos smartphones o público também! Podes ver a nossa hands-on no terminal abaixo, aproveita e subscreve o nosso Youtube! ;)

Deixa a tua opinião nos comentários, um Like na página do Facebook e Subscreva o canal no Youtube .

Aplicação para Android 4Gnews.pt Windows Phone 4Gnews.pt 8 e 8.1

Fonte| zdnet / global.samsungtomorrow Via| G For Games

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.