Home Android

Samsung Galaxy Note 9 pode ser o primeiro com ‘monocelha’

O smartphone deverá ser apresentado em agosto de 2018.

Samsung Galaxy Note 9 monocelha
Poderá o próximo Note ser o primeiro smartphone da marca com esta característica?

Em setembro de 2017 assistimos à apresentação do Apple iPhone X, o primeiro smartphone a popularizar a ‘monocelha’ ou notch no topo do ecrã. Antes dele já vimos o Essential Phone e até mesmo os recentes dispositivos da gama Sharp Aquos. Agora, o Samsung Galaxy Note 9 pode ser o primeiro a mudar o status quo da empresa.

A influência da gigante de Cupertino no ‘mundo’ Android tomaria proporções astronómicas e hoje já praticamente todas as marcas têm a ‘monocelha’. Desde a ASUS até à Huawei. Mais ainda, em breve também a Xiaomi, LG, OnePlus e mais uma grande quantidade de marcas brancas (low-cost) oriundas da China.

Vê ainda: 18 aplicações Android temporariamente grátis na Google Play Store

Ora, se até á data estávamos convictos da total isenção da Samsung face à moda da ‘monocelha’ isso pode estar prestes a mudar. Ainda assim, com os seus novos Samsung Galaxy S9 e Samsung Galaxy S9 Plus manteve-se afastada da já icónica ‘monocelha’ que conquistou o mercado mobile.

Todavia, esta postura da fabricante sul-coreana poderá mudar muito em breve, isto segundo o novo registo de patente pela Samsung. Nesta, pode ser vista um esquema de smartphone já com a ‘monocelha’ no topo do ecrã. Ora, sendo o Samsung Galaxy Note 9 um dos próximos lançamentos planeados, temos que contemplar esta hipótese.

Poderá o Samsung Galaxy Note 9 trazer uma ‘monocelha’?

Tal como podemos observar na galeria de imagens abaixo, o dispositivo da Samsung conta com um alinhamento duplo de câmaras traseiras. Estas estão justapostas com um alinhamento horizontal, sendo o smartphone provavelmente construído em metal. Algo que parece afastar a hipótese de este ser o Samsung Galaxy Note 9. Ainda assim, nada impede a marca de utilizar o metal e não o vidro como principal material de construção para a sua próxima coqueluche.

Para já é apenas uma patente da Samsung

Como tal, a marca não está adstrita ao lançamento de um smartphone / tablet com estas características. A patente implica que esta tecnologia apenas pode ser utilizada, em exclusivo e salvo disposição em contrário, pela Samsung. Em suma, é mais um design / ideologia de que se poderá eventualmente socorrer.

A presença de duas câmaras traseiras é também uma das tendências do mercado tecnológico. Todavia, pela presença das bandas / tiras para as antenas, é provável que o material de construção utilizado seja o metal. Ora, relembro que atualmente apenas os dispositivos da linha J são construídos em metal.

Mais ainda, olhando para os dispositivos de gama média (Galaxy A) e gama alta (Galaxy S e Galaxy Note). Todos estes são construídos em vidro. Possuem, claro, uma estrutura metálica mas esse não é o material predominante na sua construção. Posto isto, somos levados a concluir que mais rapidamente se tratará de um smartphone de gama-média do que mesmo um topo de gama. Neste caso, como o Samsung Galaxy Note 9.

O que trará de novo o Samsung Galaxy Note 9?

Ainda assim, para já é uma possibilidade, válida como qualquer outra. Pesando ainda a seu favor o facto de ainda não termos visto claramente o Samsung Galaxy Note 9. Ademais, depois de várias gerações construídas em vidro. Uma mudança pudesse dar um novo look a toda esta gama de produtos.

monocelha Samsung Galaxy Note 9 Andorid Oreo
No Verão teremos um substituto para este smartphone de gama alta ©Josh Miller/CNET

Para este Samsung Galaxy Note 9, com ou sem ‘monocelha’ esperamos que a marca inclua agora um leitor de impressões digitais sob o ecrã. Com efeito, a presença deste leitor biométrico já embutido na tela é uma forte possibilidade. Alternativamente, o mesmo poderá continuar na traseira do smartphone.

É improvável o Samsung Galaxy Note 9 ter ‘monocelha’

Por último e de acordo com a publicação The Investor, a tela ou display deste Samsung Galaxy Note 9 será maior do que o Galaxy Note 8. Algo que pode significar a presença da ‘monocelha’. Aumentando assim a dimensão de 6.32 polegadas do Note 8 para as 6.38  previstas no Galaxy Note 9.

Espera-se ainda que o Samsung Galaxy Note 9 traga o mesmo ecrã Infinity Display. O mesmo ecrã infinito com o formato 18.5:9 da atual geração. Será um ecrã Super AMOLED com resolução Quad-HD+, portanto 2960 x 1440 pixéis.

No interior deste dispositivo móvel podemo-nos perguntar sobre qual será o processador utilizado. Ora, aqui sem surpresas teremos o Exynos 9810 da própria marca, o seu atual topo de gama. Mais ainda, será sem dúvida acompanhado por, pelo menos, 6GB de memória RAM. Contamos também com o carregamento sem-fios. Mais ainda, a porta áudio jack de 3.5mm que continua a estar presente nos terminais da marca.

Em última análise consideramos muito improvável a fabricante sul-coreana aplicar a ‘monocelha’. Pelo menos neste topo de gama, ainda que não seja impossível. De qualquer forma é perfeitamente normal a fabricante precaver todas as bases e apresentar também um terminal com esta icónica ‘monocelha.

O smartphone deverá ser apresentado em agosto de 2018.

Assuntos relevantes na 4gnews:

OnePlus 6 revela o potencial da sua câmara fotográfica – Pete Lau

Android. Nokia 1 chega a Portugal de forma oficial por 109€

Xiaomi chega à NOS a 18 de Abril com preços competitivos

Fonte | via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).