Samsung Galaxy Note 8 passa com distinção em teste de durabilidade

Eduardo Silva
Samsung Galaxy Note 8
Samsung Galaxy Note 8 é um dos melhores terminais do ano. Mas será resistente?

Se estás no mercado pronto a comprar um smartphone de topo, esperas que, após investimento considerável, acabes por receber um produto de excelência. Mas a excelência não se consegue apenas por um design bonito e especificações potentes.

Um smartphone durável agrada a qualquer um e hoje ficamos a saber qual o desempenho do Samsung Galaxy Note 8 quando posto à prova.

Vê ainda: Galaxy Note8: reconhecimento facial já não pode ser enganado

Para tal, recorremos mais uma vez ao trabalho de Zack Nelson, que através do seu reconhecido canal no Youtube com o nome JerryRigEverything, demonstrou qual a resposta do novo topo de gama da Samsung perante os habituais testes do autor.

Assim, o Galaxy Note 8 passou por alguns testes que simulam os potenciais acidentes do dia-a-dia, onde riscos (o mais habitual inconveniente) podem ser uma dor de cabeça para o utilizador.

Testando a capacidade de resistir aos mesmos, o autor do video utiliza a sua habitual escala para testar o Corning Gorilla Glass 5 que protege tanto o ecrã (e todo o painel frontal) como a parte traseira do terminal.

Sem surpresas, os riscos começam a notar-se a partir do nível 6, sendo o habitual no tipo de vidro utilizado em smartphones (apenas safira consegue elevar a proteção para um nível 8 ou 9).

Zack Nelson risca, queima e dobra, mas o Samsung Galaxy Note 8 não cede com facilidade

Já nas laterais, Zack Nelson constata que a estrutura de alumínio em volta de toda a extremidade do dispositivo é bastante fiel à sua boa fama, não encontrando qualquer parte em plástico. Já no que toca à S-Pen, esta é feita quase na totalidade em plástico, apenas com a sua parte inferior em metal para não destoar do resto do design do Note 8.

Mas Zack Nelson não se contenta com riscos, colocando outros desafios ao novo phablet premium. Para além de realçar a resistência do terminal a mergulhos em água e a poeiras (certificação IP68), colocou à prova o ecrã Super AMOLED de 6.3 polegadas com resolução Quad HD perante queimaduras.

O resultado em si foi habitual. Apesar de aguentar alguns segundos perante uma chama, os pixeis queimados acabam por ganhar um tom esbranquiçado, não recuperando mais da queimadura. Esta é uma pequena desvantagem dos ecrãs AMOLED perante os ecrãs IPS LCD, que por sua vez são capazes de recuperar de pequenas queimaduras.

Samsung Galaxy Note 8

Por fim, o teste de força em dobragem. Aqui, o Samsung Galaxy Note 8 não cede à pressão exercida, seja porque lado for. Sendo habitual uma ligeira descolagem do ecrã, este Samsung nem esse inconveniente regista, pelo que acaba por recompensar os mais esquecidos que deixam o smartphone no bolso de trás (não recomendável, especialmente pelo risco de partir o ecrã).

Em conclusão, o Samsung Galaxy Note 8 passa com distinção nestes testes de resistência, apenas com o pequeno defeito de não resistir a queimaduras (algo pouco usual). Lançado há algumas semanas, este terminal tem agradado à critica, sendo mesmo um dos melhores do ano. E se quiseres comprovar tudo o que foi dito aqui, fica em vídeo abaixo a experiência de JerryRigEverything.

Outros assuntos relevantes:

Apple iPhone 8: Wall Street Journal vê smartphone sem Touch ID

Séries, filmes e tudo que envolva a Disney deixará a Netflix em 2019

Estará o Facebook Messenger a tentar ser o novo Tinder?